Topo

Entretenimento

Folclore musical do Cazaquistão aproxima Madri das melodias da Grande Estepe

07/12/2018 20h12

Madri, 7 dez (EFE).- A Kurmangazy, lendária Orquestra Acadêmica Estatal do Cazaquistão, apresentou nesta sexta-feira em Madri seu folclore instrumental em um concerto realizado no Auditório Nacional de Música, dentro da turnê "Melodias da Grande Estepe".

Ás vésperas do Dia da Independência da República do Cazaquistão, o concerto, que contou com o apoio direto do Ministério de Cultura e Esportes da Espanha, estabelece a música como instrumento de conexão entre ambos países, fortalecendo assim os vínculos culturais existentes entre eles.

Antes do espetáculo, o diretor da orquestra, Daueshov Nurkissa, disse à Agência Efe que "é a primeira vez que a orquestra chega à Espanha", e se mostrou muito feliz por "divulgar a cultura cazaque através da música".

Além disso, o diretor ressaltou que, de todo o projeto musical, o mais importante "é fortalecer a relação amistosa entre dois países, entre dois povos".

Durante o concerto, o público pôde descobrir as melodias tradicionais da Grande Estepe interpretada com instrumentos próprios cazaques, através de um variado repertório da primeira e única orquestra da arte instrumental do país, cujas raízes remontam a 1934.

"A Orquestra Acadêmica Estatal do Cazaquistão tem uma história de 80 anos", período durante o qual transferiu suas notas musicais a palcos de mais de 80 países do mundo, segundo explicou Nurkissa.

Adornados com chamativas roupagens, típicas do Cazaquistão, os músicos interpretaram um programa que incluía obras de compositores cazaques e grandes clássicos como Kurmangazy, que dá nome à banda, Turkesh, Latif Hamidi, George Bizet, Manuel de Falla e Johann Strauss.

Este recital completa o programa "O curso para o futuro: Modernização da identidade do Cazaquistão", do governo do presidente cazaque, Nursultan Nazarbayev.

A orquestra realizou em 2017 o programa de concertos "Melodias da Grande Estepe" no Grande Salão da sede da Unesco em Paris, na Bulgária e no Uzbequistão.
 

Mais Entretenimento