PUBLICIDADE
Topo

Entretenimento

Estátua de Cristóvão Colombo atacada em La Paz começa a ser restaurada

19/11/2018 17h51

La Paz, 19 nov (EFE).- Funcionários da Escola Municipal de Oficinas da Prefeitura de La Paz começaram a limpar nesta segunda-feira a estátua de Cristóvão Colombo que apareceu pintada e com cartazes pedindo a sua retirada na semana passada, informou à Agência Efe o restaurador Yuri Flores.

"Começamos a conservação e a limpeza do monumento a Colombo que foi afetado pelo vandalismo urbano", afirmou.

O monumento fica no Paseo del Prado, em uma das avenidas mais movimentadas de La Paz, e tinha placas com frases como "Colombo genocida", "Fora Colombo" e "Removam Colombo", entre outros, além de manchas de tinta.

Segundo Flores, primeiro é preciso analisar a deterioração da estátua por agentes "externos" e determinar como será realizada a limpeza para não danificar o mármore branco.

"O monumento tem sedimentos de pombos, um pouco de mofo, tinta e cola seca", contou.

Uma equipe de quatro pessoas se encarregará da limpeza da estátua, que depois ganhará uma camada de proteção para a melhor conservação. A previsão é de que o trabalho termine em 15 de dezembro.

O monumento foi feito pelo escultor italiano Giuseppe Graciosa e inaugurado em 1926.

A ação contra a estátua na capital administrativa da Bolívia aconteceu alguns dias depois de autoridades de Los Angeles retirarem uma estátua de Cristóvão Colombo do centro da cidade, como "um ato de justiça reparadora" para os "habitantes originais".

O presidente da Bolívia, Evo Morales, comemorou a decisão da cidade americana e considerou que o "descobrimento da América" foi "um genocídio".

Entretenimento