PUBLICIDADE
Topo

Luis Miguel supera Chico e Drexler e leva Álbum do Ano no Grammy Latino

Thalia comparece a edição de 2018 do Grammy Latino em Las Vegas, nos EUA - Sam Wasson/AFP
Thalia comparece a edição de 2018 do Grammy Latino em Las Vegas, nos EUA Imagem: Sam Wasson/AFP

De Las Vegas (EUA)

16/11/2018 00h37

O mexicano Luis Miguel levou o prêmio de Álbum do Ano com "México por Siempre" na 19ª edição do Grammy Latino, realizada nesta quinta-feira em Las Vegas, nos Estados Unidos.

Nesta categoria também estavam indicados "Prometo", de Pablo Alborán; "Vibras", de J Balvin; "Caravanas", de Chico Buarque; "Salvavidas de hielo", de Jorge Drexler; "Siguiente", de El David Aguilar; e "Soy yo", de Kany García.

Completaram a lista de candidatos "Musas (Un homenaje al folclore latinoamericano en manos de Los Macorinos, Vol. 2)", de Natalia Lafourcade; "Encanto tropical", de Monsieur Periné; e "Cuando el río suena", de Rozalén.

Luis Miguel não estava hoje em Las Vegas e sua compatriota Thalía, que tinha anunciado o ganhador desta categoria no palco, garantiu que levaria ao cantor o fonógrafo dourado.

"Eu me encarrego de entregá-lo pessoalmente", disse a cantora diante da decepção do público do MGM Grand Garden Arena de Las Vegas pela ausência na cerimônia do cantor.