PUBLICIDADE
Topo

Jorge Drexler vence Grammy Latino de Canção do Ano com "Telefonía"

O cantor uruguaio Jorge Drexler com o Grammy Latino de "Canção do Ano" por "Telefonía" - Robyn Beck/AFP
O cantor uruguaio Jorge Drexler com o Grammy Latino de "Canção do Ano" por "Telefonía" Imagem: Robyn Beck/AFP

De Las Vegas (EUA)

16/11/2018 01h31

O uruguaio Jorge Drexler levou nesta quinta-feira o prêmio de Canção do Ano com "Telefonía" na 19ª edição do Grammy Latino, realizada nesta quinta-feira em Las Vegas, nos Estados Unidos.

"Isto sim eu não esperava, de nenhuma maneira. Muito obrigado. Que maravilha. Tenho uma admiração tão grande por tanta gente que está nesta mesma categoria que me dá até vergonha de estar aqui em cima", afirmou um emocionado Drexler.

O artista fez questão de agradecer especialmente a seus filhos e a sua esposa, a atriz Leonor Watling.

"Me aguentam em tantas coisas, tantas horas fora...", disse o cantor no palco do MGM Grand Garden Arena.

"Que viva a Ibero-América, que viva a música ibero-americana, que viva Borges, que viva Pessoa, que viva a cumbia, que viva o reggaeton, tudo. Vamos em frente", concluiu.

Esse foi segundo fonógrafo dourado, até o momento, para o uruguaio, que tinha levado anteriormente o reconhecimento de Melhor Álbum de Cantor-Compositor por "Salvavidas de Hielo"

Também estavam indicados na categoria de Canção do Ano "Antes de ti", de Mon Laferte; "Bailar contigo", de Monsieur Periné; "Danza de gardenias", de Natalia Lafourcade y Los Macorinos; "Embrujo", de El David Aguilar; "La puerta violeta", de Rozalén; e "Malamente", de Rosalía.

A lista de concorrentes ao prêmio de Canção do Ano era completada por "Para siempre", de Kany García; "Robarte un beso", de Carlos Vives e Sebastián Yatra; e "Tu vida mi vida", de Fito Páez.