Topo

Entretenimento

Lance da escada original da Torre Eiffel será leiloado em Paris

08/11/2018 12h33

Paris, 8 nov (EFE).- Um lance das escadas originais da Torre Eiffel datado de sua inauguração em 1889 ficará exposto a partir desta quinta-feira e até o dia 27 de outubro na casa de leilões Artcurial em Paris, antes de ser colocado à venda.

A peça que abrirá o leilão fez parte das históricas escadas que ligavam o segundo andar da torre com o terceiro.

A instalação, por razões de segurança, de um elevador entre estes dois últimos andares da torre francesa em 1983 fez com que as escadas fossem desmontadas e divididas em 24 partes de entre dois e nove metros.

Uma delas está conservada atualmente no primeiro andar do monumento e outras três em museus franceses: nos parisienses Orsay e La Villette e no da História do Ferro em Nancy.

Os outros trechos foram leiloados no mesmo ano em que foram retirados. Alguns foram exibidos em diversas partes do mundo, como na Fundação Yoishii em Yamanashi (Japão), na Estátua da Liberdade em Nova York (EUA) e no parque Disneyworld em Orlando (EUA).

A Artcurial, que já tinha colocado à venda no passado outros dois trechos das escadas da Torre Eiffel, leiloará agora a peça de número 4, que mede 4,3 metros de altura.

O preço estimado da peça está entre 40 mil e 60 mil euros. Em 2016, no leilão organizado pelo lance de número 13, que era menor que a peça apresentada agora, o valor chegou a 523 mil euros e, em 2013, a Artcurial leiloou outra seção por 220 mil euros.

"A estimativa é muito razoável, mas é provável que obtenhamos um resultado muito superior. A magia dos leilões é única", comentou à Agência Efe a especialista em Art Déco na casa de leilões Cécile Tajan.

A historiadora da arte insistiu no grande interesse que a peça desperta no mercado internacional. "A Art Déco francesa sempre levantou paixões nos clientes estrangeiros, sobretudo nos americanos".

"Além disso, trata-se de um símbolo da capital francesa, acreditamos que pode atrair diversos colecionadores, não só interessados por Art Déco, mas também amantes da história, da França e de Paris", acrescentou Tajan.

O trecho número 4 das escadas foi um dos que foram leiloados em 1983 em Paris e foi adquirido posteriormente por um colecionador canadense "entusiasta da cultura e da história francesa", detalhou a especialista.

Após expô-lo durante 30 anos em seu país, o proprietário decidiu agora se desfazer dele e colocá-lo de novo no mercado.

Construída por Gustave Eiffel por ocasião da Exposição Universal de 1889 em Paris, a torre foi uma proeza técnica para a arquitetura da época e o monumento mais alto do mundo até 1930, quando foi superada pelo edifício Chrysler de Nova York.

"Surpreendeu muito os moradores locais e foi criticada por um bom número de jornalistas e críticos da época, mas, finalmente, se tornou um símbolo da modernidade e da cidade de Paris", lembrou Tajan.

Mais Entretenimento