Topo

Entretenimento

Morre aos 76 anos o escritor finlandês Arto Paasilinna

16/10/2018 13h19

Helsinque, 16 out (EFE).- O escritor finlandês Arto Paasilinna morreu nesta segunda-feira em um asilo da cidade de Espoo aos 76 anos, informam nesta terça-feira veículos de imprensa locais.

Paasilinna, autor de 35 romances e várias obras de não-ficção, foi traduzido para mais de 40 idiomas e se tornou o escritor finlandês mais popular da história, com mais de oito milhões de exemplares vendidos no mundo todo.

Conhecido por seu humor negro e ácido, entre seus romances de maior sucesso estão "O Ano da Lebre"(1975), "Howling Miller" (1981), "The Forest of the Hanged Foxes" (1983) e "A Charming Mass Suicide" (1990), todas eles adaptadas para o cinema.

Com um estilo leve, cômico e às vezes surrealista, suas histórias abordam temas da idiossincrasia finlandesa, cujo exotismo reside em parte do seu sucesso internacional, para terminar com uma sutil sátira para o progresso e a modernidade.

Paasilinna nasceu na cidade de Kittilä em 1942 e durante sua juventude se dedicou ao jornalismo, atividade que exerceu com a literatura a partir de 1972.

Mais Entretenimento