PUBLICIDADE
Topo

Espanha e Cuba cooperarão em programa cultural do 500º aniversário de Havana

14/10/2018 00h40

Havana, 13 out (EFE).- A Espanha cooperará ativamente com Cuba no programa cultural do quinto centenário da fundação de Havana no próximo ano, disse neste sábado o presidente da Ação Cultural Espanhola (AC/E), Ibán García de el Blanco, que visita a capital cubana.

"O Governo da Espanha tem a vontade manifesta que esta data não aconteça despercebida em nenhuma das duas partes do Atlântico", declarou à Agência Efe García de el Blanco, depois de se reunir esta semana em Havana com o ministro de Cultura de Cuba, Alpidio Alonso, e com outras autoridades do setor cultural do país.

A visita a Cuba do presidente da entidade pública dedicada a impulsionar e promover a cultura e o patrimônio da Espanha serviu para explorar "possibilidades de cooperação bilateral" nos eventos culturais que serão organizados no ano do 500º aniversário da cidade, fundada oficialmente em 16 de novembro de 1519.

Da agenda cultural do quinto centenário, ainda por completar, destaca-se a 13ª Bienal de Havana, o maior evento das artes visuais de Cuba, que acontecerá de 12 de abril a 12 de maio de 2019 e na qual a Espanha será, depois do anfitrião, "o país com mais presença", segundo o presidente da AC/E.

Também se destaca que a cooperação entre Espanha e Cuba em relação às celebrações do próximo ano será reforçada com a prevista visita oficial a Havana do presidente do Governo espanhol, Pedro Sánchez, que ainda não tem data mas poderia ser programada para meados ou final de novembro.

O Governo de Cuba mostrou um forte interesse em celebrar em grande estilo, com vários eventos de artes plásticas, música e outras manifestações culturais, o quinto centenário de Havana, e se comprometeu também a restaurar grande parte da zona antiga da cidade para a importante data.