PUBLICIDADE
Topo

Canal marroquino cria prêmio para publicidade que valorize mulheres

01/10/2018 11h47

Rabat, 1 out (EFE).- Uma rede de televisão do Marrocos criou um prêmio para reconhecer o anúncio publicitário que melhor contribua para valorizar a imagem da mulher e que será exibido gratuitamente no canal.

A emissora "2M" criou o Troféu Tilila com o objetivo de romper os estereótipos da mulher dona de casa, que fica à mercê das ordens do marido e a serviço da família.

Estarão na disputa campanhas que mostrarem uma mulher ativa, moderna, que administra sua vida financeira e que decide sobre o que quer, em contextos que vão além do doméstico. Ao todo, 23 propagandas foram pré-selecionadas e entre elas há também algumas que mostram homens realizando tarefas domésticas, como limpar a casa.

A rede de TV é a mesma que há dois anos provocou um escândalo de proporções internacionais ao criar um tutorial de maquiagem para ensinar mulheres agredidas a esconder hematomas no rosto. A emissora pediu desculpas ao público depois.

Em abril deste ano, uma companhia da Nestlé teve que retirar do ar um concurso veiculado nas redes sociais do país no qual um jovem convoca várias pretendentes para exibirem suas habilidades culinárias diante da mãe do rapaz.

Em um país tradicionalmente machista como o Marrocos, a sensibilidade em relação a comportamentos sexistas é cada vez maior e há pouco tempo entrou em vigor uma nova lei contra a violência sexual que, apesar das brechas, pune pela primeira vez o assédio sexual na rua.