Topo

Entretenimento

De vestido dourado, Aretha Franklin dá último adeus

31/08/2018 14h45

Washington, 31 ago (EFE).- A rainha do soul, Aretha Franklin, apareceu nesta sexta-feira com um brilhante vestido dourado e sapatos de salto com lantejoulas para o seu glamoroso funeral em uma igreja de Detroit, nos Estados Unidos, onde o seu caixão chegou em um Cadillac branco.

O veículo em questão é famoso por ter transportado o caixão de importantes figuras, como a ativista pelos direitos civis Rosa Parks. O pai da artista, o reverendo Clarence LaVaughn Franklin, também usou esse carro no seu funeral, em 1984.

Nas diferentes cerimônias feitas em sua homenagem, Aretha sempre esteve com peças elegantes: um vestido vermelho na terça-feira, outro azul na quarta-feira e um rosa ontem.

O funeral acontece hoje, no Greater Grace Temple, uma igreja na zona leste de Detroit, com capacidade para 4 mil pessoas. O ex-presidente dos Estados Unidos Bill Clinton será um dos oradores da cerimônia, que terá apenas para amigos e familiares. Entre algumas confirmações informadas pela família estão o ex-procurador-geral dos Estados Unidos Eric Holder, os reverendos Jesse Jackson e Al Sharpton e os cantores Stevie Wonder, Faith Hill e Smokey Robinson.

Após a cerimônia, o corpo será sepultado no Cemitério de Woodlawn, o mesmo onde estão vários membros da família.

Aretha Franklin morreu em casa, no último dia 16, vítima de um câncer no pâncreas. Nascida em Memphis e criada em Detroit, onde a família foi morar quando ela tinha quatro anos, a artista ganhou o título de rainha do soul em 1967, após o lançamento de "Respect", que se tornou um hino da luta pela igualdade de direitos da população negra e, em particular, das mulheres.

Mais Entretenimento