Topo

Entretenimento

Tarantino e David Fincher escalam mesmo ator para interpretar Charles Manson

30/08/2018 17h59

Los Angeles (EUA), 30 ago (EFE).- Quentin Tarantino e David Fincher, dois dos cineastas mais admirados das últimas décadas, escalaram o mesmo ator para interpretar o famoso assassino Charles Manson em dois projetos diferentes, informou nesta quinta-feira o portal Collider.

Fincher, indicado duas vezes ao Oscar por "O Curioso Caso de Benjamin Button" (2008) e "A Rede Social" (2010), convidou o ator australiano Damon Herriman para interpretar Manson na segunda temporada da sua série "Mindhunter", ainda sem data de estreia.

Embora suas cenas já tenham sido filmadas em julho, a notícia não foi divulgada até hoje, dois dias depois que o portal The Wrap revelou que o mesmo ator foi selecionado por Tarantino para interpretar o líder da seita "A Família" em seu filme "Once Upon a Time in Hollywood".

Herriman, conhecido pela série "Justified", terá a oportunidade de interpretar o mesmo personagem em duas épocas diferentes, já que o filme de Tarantino se passará nos anos 60, ainda com Manson em liberdade e perto de cometer seus selvagens crimes; enquanto a série de Fincher mostrará o assassino na prisão na década de 1980.

Com a participação de Fincher como produtor executivo e diretor em alguns dos seus episódios, "Mindhunter" se centra em dois agentes do FBI que investigam as motivações e a mente dos psicopatas.

Por sua parte, "Once Upon a Time in Hollywood", que estreará em julho de 2019, chega rodeado de uma grande expectativa não só por ser o nova longa-metragem de um dos diretores mais populares do cinema contemporâneo, mas também porque seu argumento tem a ver com o assassinato de Sharon Tate em 1969 pela seita de Manson.

Brad Pitt e Leonardo DiCaprio lideram o elenco estelar de um filme no qual também atuarão Al Pacino, Margot Robbie, Burt Reynolds, Damian Lewis, Emile Hirsch, Dakota Fanning, Kurt Russell, Maya Hawke, Rumer Willis e Lena Dunham.

"É uma história que acontece em Los Angeles em 1969, no apogeu da Hollywood hippie. Os dois protagonistas são Rick Dalton (DiCaprio), uma antiga estrela de westerns televisivos, e seu dublê Cliff Booth (Pitt). Os dois têm problemas para triunfar em uma Hollywood que já não reconhecem. Mas Rick tem uma vizinha muito famosa... Sharon Tate", antecipou Tarantino em março.

Tate, esposa do diretor Roman Polanski, foi uma das nove pessoas que morreram nas mãos de Manson e sua seita, cujos crimes comoveram a sociedade americana e marcaram simbolicamente um ponto de inflexão na contracultura dos anos 60.

Manson foi condenado à prisão perpétua e morreu em 2017 aos 83 anos.

Mais Entretenimento