PUBLICIDADE
Topo

Carnaval de Notting Hill termina com saldo de 385 detidos

28/08/2018 07h40

Londres, 28 ago (EFE).- A polícia britânica deteve 385 pessoas, a maioria por posse de drogas ou armas brancas, durante o carnaval de Notting Hill, realizado nos últimos dois dias nesse bairro de Londres, informaram nesta terça-feira as forças da ordem.

Segundo a fonte, um homem recebeu ontem à noite cuidados médicos após ficar levemente ferido por um ataque com faca em Ladbroke Grove, perto de Notting Hill, enquanto as detenções correspondem também à desordem pública e supostas agressões sexuais.

Além disso, a polícia indicou que 30 agente também foram feridos por leves agressões.

Cerca de 7 mil policiais estiveram desdobrados de manter a segurança do emblemático carnaval, celebrado no oeste de Londres.

"Quero agradecer aos que saíram às ruas para celebrar tudo o que representa o carnaval, de uma maneira amável e considerada. No entanto, na segunda-feira foi divulgada a notícia de um esfaqueamento, mas sem risco de morte para a vítima, por volta das 20h10 (16h10, em Brasília) em Ladbroke Grove. Por sorte, este foi o único incidente deste tipo", afirmou hoje aos veículos de imprensa o comandante da polícia da capital britânica Dave Musker.

No evento - realizado entre domingo e segunda-feira - estiveram presentes milhares de pessoas para seguir este festival cheio de música, dança e cor.

Esta é a edição número 52 do carnaval, que tem suas origens na década de 50, quando os primeiros imigrantes caribenhos chegaram ao Reino Unido e trouxeram consigo suas tradições musicais.