PUBLICIDADE
Topo

Entretenimento

Morre Ed King, ex-membro do Lynyrd Skynyrd e coautor de "Sweet Home Alabama"

23/08/2018 15h38

Los Angeles (EUA), 23 ago (EFE).- O guitarrista americano Ed King, ex-membro da banda de rock Lynyrd Skynyrd e um dos compositores da célebre canção "Sweet Home Alabama", morreu aos 68 anos, informou um comunicado divulgado nesta quinta-feira em seu perfil oficial do Facebook.

"Com grande dor anunciamos a morte de Ed King, que faleceu em sua casa de Nashville (Tennessee, EUA) em 22 de agosto. Agradecemos aos muitos amigos e fãs pelo amor e apoio a Ed durante sua carreira", explica a nota.

A revista "Rolling Stone" afirmou que King sofria de câncer de pulmão e que tinha sido hospitalizado recentemente por esta razão.

Embora tenha começado a carreira na banda "Strawberry Alarm Clock", Ed King foi conhecido principalmente por ser um dos membros do Lynyrd Skynyrd, grupo que, junto ao "The Allman Brothers Band", se transformou no máximo representante do rock do sul dos EUA.

Surgido nos anos 70, este intenso e apaixonado gênero unia o rock com o blues, o country e o soul, se deixava levar por longas improvisações instrumentais, e seus músicos mostravam de maneira constante o orgulho por pertencer ao sul dos Estados Unidos.

King se incorporou em 1972 ao Lynyrd Skynyrd, grupo liderado por Ronnie Van Zant e formado na Flórida (EUA).

O guitarrista chegou a tempo para gravar o primeiro e popular disco do grupo, (Pronounced 'L?h-'nérd 'Skin-'nérd) (1973), que incluía hinos do rock sulista como "Free Bird".

King também deixou sua marca em dois álbuns a mais, "Second Helping" (1974) e "Nuthin Fancy" (1975), a época mais bem-sucedida do conjunto e na qual, junto a Gary Rossington e Allen Collins, contribuiu para criar o som entrelaçado de três guitarras características do Lynyrd Skynyrd.

Além disso, King foi um dos compositores de "Sweet Home Alabama", a canção mais famosa do grupo e que ainda é ouvida de maneira habitual nas rádios de rock.

"Sweet Home Alabama" foi uma resposta às músicas de Neil Young "Southern Man" e "Alabama", nos quais o canadense criticava os estereótipos e a história do sul dos EUA.

King é que diz "one, two, three" (um, dois, três) antes de começar a guitarra de "Sweet Home Alabama".

O músico deixou o Lynyrd Skynyrd em 1975, mas voltou a fazer parte do grupo entre 1987 e 1996.

Entretenimento