PUBLICIDADE
Topo

Entretenimento

Morre aos 90 anos Steve Ditko, cocriador do Homem-Aranha

06/07/2018 22h31

Los Angeles (EUA), 6 jul (EFE).- O desenhista e roteirista americano Steve Ditko, cocriador do Homem-Aranha junto com Stan Lee, morreu aos 90 anos em Nova York, segundo informou a polícia nesta sexta-feira a meios de comunicação locais.

As autoridades encontraram Ditko morto no seu apartamento de Nova York no último dia 29 de junho, mas acreditam que o artista tinha morrido dois dias antes, afirmou o site da revista "The Hollywood Reporter".

Embora tenha alcançado a fama entre os fãs de quadrinhos por ter criado o Homem-Aranha em 1962 e por outras notáveis contribuições ao universo da editora Marvel, como o Doutor Estranho, Ditko teve uma vida misteriosa, próxima do anonimato.

Nascido em 2 de novembro de 1927 em Johnstown (Pensilvânia), Ditko se contagiou pela paixão do seu pai pelas tirinhas cômicas e, depois de servir no exército na Alemanha após a Segunda Guerra Mundial, se matriculou em Nova York na Escola de Caricaturistas e Ilustradores.

A partir dos meados dos anos 50 trabalhou para editoras de história em quadrinhos como Charlton Comics e Atlas Comics, precursora da Marvel.

Em 1962 apresentou junto com Stan Lee o personagem que o consagraria, um jovem com fabulosos poderes aracnídeos que acabaria se transformando em um dos super-heróis mais populares das histórias em quadrinhos e em um ícone pop.

Ditko também pôs seu traço a serviço de grandes vilões das histórias do Homem-Aranha como o Doutor Octopus e o Duende Verde.

Uma das suas últimas criações foi a Garota Esquilo em 1992, mas até lá Ditko já estava há décadas sem dar entrevistas, com a intenção de salvaguardar sua intimidade a todo custo.

"Não nos aproximamos dele. É como J.D. Salinger (autor romance 'O Apanhador no Campo de Centeio'). É reservado e intencionalmente esteve fora dos focos", disse em 2016 à "Hollywood Reporter" o cineasta Scott Derrickson, que foi o encarregado de dirigir e escrever o filme "Doutor Estranho" (2016).

Nem mesmo o recente sucesso dos filmes de super-heróis da Marvel fez com que Steve Ditko abandonasse seu retiro voluntário, ao contrário de Stan Lee, que surfou nessa onda com suas pontas e aparições na mídia.

Segundo a imprensa local, Ditko nunca foi casado e não deixa filhos.

Entretenimento