Topo

Entretenimento

Quadro de Paul Signac avaliado em R$ 6,4 milhões desaparece em museu francês

Reprodução
"Le Port of La Rochelle", de Paul Signac Imagem: Reprodução

De Paris (França)

25/05/2018 10h33

O quadro "Le Port of La Rochelle", de Paul Signac e com um valor estimado de 1,5 milhão de euros (cerca de R$ 6,4 milhões), foi roubado durante a tarde de ontem do museu de Belas Artes de Nancy, informou nesta sexta-feira a Câmara municipal desta cidade do nordeste da França.

O museu confirmou em comunicado "o desaparecimento" da tela, pintada pelo francês fez em 1915.

Além disso, anunciou a abertura de uma investigação a cargo dos Serviços de Informação da Polícia de Nancy e do Escritório Central de Luta contra os Bens Culturais.

O fato aconteceu nas primeiras horas da tarde, quando o museu estava aberto ao público, e sem que o pessoal do centro, que alertou sobre o roubo, constatasse nenhuma infração.

Por sua vez, o promotor de Nancy, François Pérain, após a informação antecipada pelo jornal "L'Est Républicain", explicou que "cortaram a tela e a levaram. Só ficou a moldura do quadro".

O museu de Nancy é proprietário da tela desde os anos 1960, quando recebeu com um pacote de 117 pinturas e esculturas da viúva do colecionador Henri Gallé.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento