Topo

Entretenimento

Obra de Modigliani é leiloada por US$ 157 milhões em Nova York

REUTERS/Venus Wu
Obra de "Nu Couche" Amedeo Modigliani Imagem: REUTERS/Venus Wu

Nova York (EUA)

14/05/2018 21h36

Um óleo sobre tela pintado por Amadeo Modigliani em 1917, "Nu Couché" ("Nu deitado"), foi vendido nesta segunda-feira pela casa Sotheby's por US$ 157,2 milhões, o segundo preço mais alto para uma obra do artista italiano.

O quadro era considerado a principal obra da primeira jornada de uma nova temporada de leilões de arte da Sotheby's e da Christie's, que se prolongará até esta quinta-feira.

O valor estimado para o quadro de Modigliani era inicialmente de US$ 150 milhões.

Embora o preço de saída tenha sido de US$ 125 milhões, quase não houve ofertas para comprá-lo, em um leilão que durou menos de três minutos e que terminou com um preço de martelo de US$ 139 milhões.

O preço final, de US$ 157,2 milhões, incluindo as gratificações que o comprador deve pagar, está abaixo dos US$ 170,4 milhões que conseguiu outra obra do artista em um leilão da Christie's em novembro de 2015.

O recorde para uma obra de arte vendida em um leilão continua sendo de "Salvator Mundi", de Leonardo Da Vinci, vendido por US$ 450 milhões pela casa Christie's em 15 de novembro de 2017.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento