Topo

Entretenimento

Figuras de 800 anos roubadas há mais de 3 décadas retornam ao Nepal

04/04/2018 12h23

Katmandu, 4 abr (EFE).- Uma figura de uma divindade hindu e outra de Buda dos séculos XI e XII retornaram ao Nepal depois que foram roubadas na década de 1980 e transferidas para os Estados Unidos, onde estavam expostas até agora no Museu Metropolitano de Nova York (MET).

"As autoridades do museu concordaram em devolver os ídolos depois de nossos pedidos, apresentamos provas de que (as figuras) procediam do Nepal", explicou à Agência Efe o presidente do Departamento de Arqueologia (DoA, na sigla em inglês) nepalês, Bhesh Narayan Dahal.

A fonte detalhou que as figuras, "de cerca de 800 anos" e com "relevância" cultural e histórica, foram entregues ao escritório consular do Nepal em Nova York e foram apresentadas ao público nesta quarta-feira no país do Himalaia.

Uma das estátuas, do deus hindu Umamaheshwor, foi roubada de um templo em Lalitpur, no centro do Nepal, em 1980 e a outra, que representa Buda, foi roubada de Katmandu em 1986.

Dezenas de figuras importantes de ídolos foram roubadas de templos e mosteiros nepaleses e traficadas para diferentes países, e frequentemente são vendidas por valores exorbitantes nos mercados internacionais.

Em 2012, a casa de leilões Christie's colocou à venda um lote de dez estátuas e artefatos nepaleses por aproximadamente US$ 200 mil.

Segundo Dahal, o governo nepalês está se esforçando para levar o maior número possível de peças de volta para o país, para onde já retornaram 19 que estavam no Reino Unido em 1996, quatro dos Estados Unidos em 2000, e outras quatro em 2004.

"Esses ídolos foram levados para o Museu Nacional e os dois que conseguimos nesta quarta-feira também serão exibidos lá", concluiu a fonte.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento