Topo

Entretenimento

Avaliada em 800 mil euros, obra de Degas roubada em 2009 é achada em ônibus

Reprodução
Pedaço do quatro "Led Choristes", de Edgar Degas Imagem: Reprodução

Paris (FRA)

23/02/2018 16h41

O governo francês confirmou nesta sexta-feira (23) que uma pintura encontrada em um ônibus na região metropolitana de Paris é de Edgar Degas e foi roubada em 2009 em uma exposição em Marselha.

Os ministérios de Cultura e Fazenda informaram que "os primeiros elementos" da perícia realizada por técnicos do Museu d'Orsay, de Paris, a quem pertence a obra, chamada "Les Choristes" (Os Coristas), confirmam essa informação.

O quadro foi encontrado no último dia 16 por agentes alfandegários durante uma blitz na região de Ferrières, em Brie, na estrada A4, mas nenhum dos passageiros do ônibus reivindicou a propriedade do quadro.

"Les Choristes" é um monotipo, no meio do caminho entre a pintura e a gravura, que Degas realizou pouco antes de ser apresentado na exposição impressionista de 1877.

A obra fazia parte da coleção de Gustave Caillebotte e em 1894 passou a fazer parte das coleções nacionais francesas.

Segundo o próprio criador, representava uma cena da ópera "Don Giovanni", no final do primeiro ato, quando se celebra o compromisso entre Massetto e Zerlina.

Com um valor estimado em 800 mil euros (mais de R$ 3,2 milhões), a obra foi furtada do Museu Cantini, em Marselha, para onde havia sido emprestada, no final de dezembro de 2009.

A ministra de Cultura francesa, Françoise Nyssen, comemorou o "feliz reencontro de uma obra preciosa, cujo desaparecimento era uma grande perda para o patrimônio impressionista francês", e destacou o trabalho dos agentes alfandegários.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento