Topo

Entretenimento

Gary Oldman ganha Bafta de melhor ator por papel em "O Destino de uma Nação"

18/02/2018 18h54

Londres, 18 fev (EFE).- O britânico Gary Oldman foi agraciado neste domingo, na 71ª edição da premiação da Academia Britânica de Artes Cinematográficas e da Televisão (Bafta, na sigla em inglês), com o prêmio de melhor ator por sua interpretação de Winston Churchill em "O Destino de uma Nação".

Oldman se impôs a Jamie Bell ("Film Stars Don't Die in Liverpool"), Timothée Chalamet ("Me Chame pelo Seu Nome"), Daniel Day-Lewis ("Trama Fantasma") e Daniel Kaluuya ("Corra!").

A atriz mexicana Salma Hayek foi a encarregada de entregar a estatueta da famosa 'máscara' a Oldman, que, visivelmente emocionado, agradeceu a sua família e ao próprio Sir Winston Churchill "por defender o país com honra e integridade".

"Obrigado por esta honra. Parabenizo meus rivais por seus grandes trabalhos. Isto é ainda mais especial porque, esta noite, posso compartilhar o prêmio com minha família, com meus três filhos e com minha mulher. Sem a confiança de vocês, eu não teria conseguido", declarou Oldman.

"Agradeço também a Winston Churchill, o homem. Ele ajudou com honra e integridade a defender o seu país e o mundo. Portanto, agradeço a Sir Winston. E também à Academia Britânica de Artes Cinematográficas e da Televisão", assinalou Oldman.

Esta é a terceira 'máscara' que Oldman, de 59 anos, recebe, mas sua primeira como ator: em 1998 ele foi agraciado com o prêmio de melhor filme britânico e melhor roteiro original por "Violento e Profano", filme escrito e dirigido por ele.

Oldman, que ganhou em janeiro deste ano o Globo de Ouro de melhor ator em filme dramático, também se apresenta com grande favorito para o Oscar.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento