Topo

Entretenimento

Carnaval no México: tradição marcada por cores e diversidade

10/02/2018 06h01

Isabel Reviejo.

Cidade do México, 10 fev (EFE).- As cores, a música e os carros alegóricos são os protagonistas nas festas de carnaval no México, caraterizadas pela diversidade, já que cada estado tem os próprios ritos e personagens tradicionais.

Veracruz é a cidade com a festa mais popular do país. Seu início foi no século XIX, nos tempos do imperador Maximiliano - apesar de alguns historiadores fazerem referência a festejos similares décadas antes -, quando acontecia um baile de máscaras que percorria as ruas da cidade.

O carnaval, nesse município litorâneo do leste do país, é conhecido como "o mais alegre do mundo" e começa com a "queima do mau humor", uma paródia interpretada por um grupo de teatro que põe fogo no "mau humor", que representa um personagem ou fato atual (por exemplo, o muro na fronteira entre o México e Estados Unidos).

A festa termina em 14 de fevereiro, assim como em outros lugares do país, com o enterro de Don Juan Carnaval, outra dramatização na qual um texto humorístico é lido.

Já nas festas do estado de Tlaxcala há uma mistura de personagens, como os "charros" - que usam máscaras de madeira e um cartola de plumas -, os "catrines" - uma caraterização crítica à burguesia europeia dos séculos XVII e XVIII - e os "chivarrudos", que se vestem com pele de cabra.

Para esta edição, a festa terá 524 "huehues" (grupos de dança), que protagonizarão desfiles com influência das culturas mesoamericana, árabe e grega, entre outras.

A música é o elemento-chave que diferença os carnavais de Mazatlán dos que acontecem no restante do país. Rock, bolero, baladas e compassos de mariachi estão entre os ritmos que soam nessa cidade banhada pelo oceano Pacífico e que a cada ano escolhe um tema como eixo principal da festividade.

Desta vez, o carnaval terá o título "Patasalada: O circo dos talentos", e fará uma homenagem a artistas como Pedro Infante e Lola Beltrán. Como de costume, não faltarão carros alegóricos, a nomeação do rei e da rainha do carnaval, e o baile à fantasia, organizado para promover a integração da comunidade estrangeira nas festas.

O estado de Morelos tem vários carnavais. Os de Tlayacapan e o de Tepoztlán são os de maior destaque, pelo tamanho. Já o de Yautepec começa mais tarde, em 15 de fevereiro. O concurso de viúvas é um dos eventos mais aguardados da cidade. É quando os homens se vestem de mulher.

Durante o carnaval de Mérida, após a "queima do mau humor", cada dia de festa tem um nome diferente: sexta-feira do Corso, sábado de Fantasia, domingo de Bachata, segunda-feira Regional e terça-feira da Batalha de Flores. No último dia acontece um grande desfile, e este ano serão 14 carros alegóricos e 73 alas.

Sem sair da Península de Yucatán, também merece destaque o carnaval de Campeche, que tem como fechamento a tradicional "pintadera", na qual os participantes dançam e terminam tomando um banho de tintas coloridas.

A identidade indígena fica por conta do carnaval na cidade de Pinotepa de Don Luis, no estado de Oaxaca, onde acontecem danças como as dos "tejerones", ou em Tenejapa, no estado de Chiapas, que preserva o simbolismo deixado pelos povos originais.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento