Entretenimento

Dupla rouba joias de coleção do emir do Catar expostas em palácio de Veneza

03/01/2018 10h52

Roma, 3 jan (EFE).- Joias que pertencem à coleção do emir do Catar, Hamad bin Khalifa Al Thani, expostas em uma mostra temporária no Palácio Ducal de Veneza foram roubadas nesta quarta-feira.

Fontes do palácio se negaram a dar mais informações sobre o incidente, mas, segundo a imprensa local, as joias eram avaliadas em cerca de 30 mil euros (cerca de R$ 115 mil).

As joias foram roubadas de uma da vitrine e faziam parte de uma mostra que reúne 270 peças datadas do século XIV até o XX, de vários autores e muitas delas parte da coleção do emir catariano.

O Palácio Ducal de Veneza foi fechado. As pessoas que estavam visitando a exposição na hora do crime foram mantidas no local.

A polícia tenta esclarecer o que ocorreu e já verificou as câmeras de segurança do palácio. Segundo a imprensa local, duas pessoas estão envolvidas no roubo. Uma delas forçou a vitrine para pegar um broche de ouro e vários brincos.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo