Topo

Entretenimento

Arqueólogos descobrem múmia egípcia da época greco-romana em bom estado

14/11/2017 11h59

Cairo, 14 nov (EFE).- Uma missão de arqueólogos egípcios e russos descobriu um caixão com uma múmia da época greco-romana, que está em bom estado, na cidade de Qalmashah, ao sul do Cairo, informou nesta terça-feira o Ministério de Antiguidades egípcio.

A múmia está envolvida em linho e tem a cabeça coberta com uma máscara com traços humanos de cores azul e dourada, segundo detalhou o secretário-geral do Conselho Supremo de Antiguidades, Mustafa Waziri, em comunicado.

A missão fez uma restauração preliminar do sarcófago e da múmia, já que havia uma ruptura na tampa e fendas no pedestal do caixão, segundo detalhou o chefe do Departamento de Antiguidades Islâmicas, Mohammed Abdellatif, citado na nota.

O sarcófago e a múmia foram transferidos a um armazém do ministério para que os especialistas possam prosseguir os estudos e terminar sua restauração, segundo a mesma fonte.

A descoberta aconteceu em Qalmashah, na província Al Fayum, 140 quilômetros ao sul do Cairo, onde há ruínas de uma igreja e um mosteiro e um cemitério que pertence a diferentes épocas: a grega, romana e a copta.

A missão russa, do Instituto Russo para os Estudos Orientais, trabalha há sete anos nessa região.
 

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento