Entretenimento

Homem revela suposto assédio de Kevin Spacey em programa da "BBC"

01/11/2017 11h47

Londres, 1 nov (EFE).- Em uma nova acusação contra Kevin Spacey, um homem revelou nesta quarta-feira num programa da rede britânica "BBC" que o ator tentou seduzi-lo em Nova York quanto ele tinha 16 anos e que ficou "traumatizado" ao acordar com o astro abraçado nele.

A suposta vítima, que não quis ter a identidade revelada, explicou no programa de Victoria Derbyshire que os dois se conheceram num teatro, em 1984. Eles trocaram cartas por um ano, e Spacey o convidou para passar um fim de semana em seu apartamento.

O homem, que usou o codinome John, relatou que logo ficou claro que o ator estava interessado em algo em que ele "não estava". Conforme contou, depois de passearem pela cidade, ele foi convidado para dormir na cama do ator, mas recusou a ideia e foi para o sofá.

John disse que então Spacey se despediu com "um 'boa noite frio" e depois ouviu barulho de choro no quarto. No dia seguinte, o adolescente acordou com o ator com a cabeça recostada sobre sua barriga e o abraçando afetuosamente.

"Na melhor das hipóteses era incômodo, na pior, traumatizante. Ele estava de cueca, eu totalmente vestido. Pensei que era algum tipo de 'bom dia' dos atores de Nova York", declarou.

A vítima contou que, após outro dia de turismo por Nova York, outra vez no apartamento, Spacey voltou a se mostrar carinhoso e disse que se sentia "incompreendido".

"Comecei a chorar porque não conseguia expressar o que estava sentindo. Eu estava assustado", disse John, acrescentando que, "para fazer jus" a Spacey, é preciso dizer que ele "se retirou e foi dormir".

O denunciante, que garantiu que nenhum dos dois bebeu álcool naquele fim de semana, disse que não contou o que aconteceu para os pais porque pensou que "talvez fosse algo admissível" e estava preocupado de ter, sem querer, dado esperança a Spacey. John afirmou que quis contar a história agora para alertar outros jovens que possam estar em situações semelhantes.

A revelação foi feita depois que no domingo passado o ator Anthony Rapp, de 46 anos, acusou o astro de assédio sexual em 1986, caso que o protagonista da série "House of Cards" disse não lembrar. Depois disso, a Netflix suspendeu a produção da série e o Teatro Old Vic, em Londres, que foi dirigido pelo ator entre 2004 e 2015, habilitou um endereço de e-mail confidencial para que antigos e atuais funcionários possam comunicar "queixas que não tenham podido expressar" até agora.

A "BBC" informou que tentou falar com Spacey, mas não teve sucesso.

jm/cdr
 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo