Topo

Música

Com trilha de Sting, Vaticano lança espetáculo que revive o Juízo Final

Filippo Monteforte/AFP
Teto da Capela Sistina, no Vaticano Imagem: Filippo Monteforte/AFP

De Roma (Itália)

13/10/2017 18h03

O Vaticano anunciou nesta sexta-feira (13) o lançamento de um espetáculo multimídia no qual o fiel poderá reviver a criação dos afrescos com os quais Michelangelo pintou a imponente Capela Sistina, assim como explorar seus segredos e maravilhas.

Elaborado pela empresa Artainment com assessoria do Museu do Vaticano, o espetáculo foi batizado como "Giudizio Universale: Michelangelo and the secrets of the Sistine Chapel" e será aberto ao público em 15 de março de 2018.

A iniciativa foi apresentada hoje pelo prefeito da Secretaria de Comunicação do Vaticano, o brasileiro Dario Viganó, pela diretora do Museu do Vaticano, Barbara Jatta, e pelo criador da apresentação, o produtor de cinema italiano Marco Balich.

Em comunicado, os três afirmam que a iniciativa é um "exemplo de um formato inovador" que conjuga o espetáculo e a narração ao vivo com efeitos especiais, sofisticados instrumentos tecnológicos e elementos multimídia.

Além disso, o espetáculo terá a colaboração do cantor britânico Sting, responsável por compor a trilha sonora original.

Durante os 60 minutos de duração do espetáculo, o público estará dentro da cena para percorrer e revelar os detalhes da Capela Sistina, um dos principais templos religiosos e artísticos do mundo, já que, desde o século XVI, o local é palco dos conclaves que escolhem os papas.

Lester Cohen
O cantor Sting Imagem: Lester Cohen

Na apresentação será lembrado o nascimento desta importante e icônica obra, construída por ordem do papa Sisto IV, no fim do século XV, e enriquecida pelos afrescos de Michelangelo feitos a pedido do papa Julio II, um processo que durou entre 1508 e 1512.

Deste modo, o espectador poderá estudar todos os afrescos e detalhes da obra até chegar ao "Juízo Final".
 

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!