Entretenimento

Alicia Keys e Justin Timberlake encerram primeiro fim de semana do RIR

18/09/2017 02h20

Rio de Janeiro, 17 set (EFE) - No último dia de pop no Rock in Rio 2017, o público aguentou o calor que fazia no Parque Olímpico para curtir os shows durante a tarde - com direito a beijo na boca entre os artistas - e se esbaldou com o som dos grandes nomes da noite, como Alicia Keys, que fez uma apresentação emocionante e em tom de protesto, e Justin Timberlake, que levou os fãs à loucura.

No terceiro dia de festival, a animação dos presentes era grande mesmo com o forte calor, com temperaturas beirando os 40 graus. E os destaques foram além das principais atrações.

Logo durante a tarde e apesar de se apresentarem no Palco Sunset, Johnny Hooker, Liniker e os Caramelows e Almério fizeram um show de arrepiar, com discursos de amor e igualdade, embalados por sucessos como "Alma Sebosa", "Zero" e "Louise".

O cenário do show fazia alusão ao amor, com uma frase de duplo sentindo - com crítica ao presidente Michel Temer - "Amar Sem Temer", levando o público a protestar contra o líder do país em algumas ocasiões. Ainda deu tempo de subir ainda mais a temperatura com um beijaço entre Hooker e Liniker.

Abrindo o Palco Mundo, o roqueiro Frejat cantou hits do Barão Vermelho, de Cazuza e canções de sua carreira solo, fazendo o público dançar com grandes sucessos.

O cantor subiu ao palco e logo de cara cantou "Puro Êxtase", colocando o público para pular. Além disso, Frejat fez os presentes se esbaldarem ao som de "Ideologia", "Bete Balanço", "Exagerado" e "Para o Dia Nascer Feliz".

Frejat também emocionou os presentes com canções de amor como "Por você" e "Amor para Recomeçar".

Segundo a se apresentar no palco principal neste domingo, o grupo americano Walk the Moon, que já havia feito show no Brasil, levou seu pop dance ao público, que cantou seus maiores sucessos como "Shut Up and Dance" e "Anna Sun".

Talvez a atração menos esperada do Palco Mundo, os americanos - que em 2016 fizeram uma apresentação no Lollapalooza - souberam driblar o pouco reconhecimento no Brasil com um pop misturado com eletrônico, animando parte dos presentes, que estavam em menor número do que no dia anterior.

Terceira atração do Palco Mundo, a americana Alicia Keys cativou o público com uma apresentação marcante e cheia de personalidade.

A cantora estava totalmente à vontade no palco para cantar seus maiores sucessos como "No One", "Fallin", "If I Ain't Got You", "Empire State of Mind II" e "Girl on Fire".

Alicia, que há tempos luta por causas feministas e deixou de usar maquiagem para se apresentar em público, levou muito R&B e soul ao palco principal e mostrou toda a potência de sua voz, além do imenso talento ao piano.

Vale lembrar que a americana, que fez muita gente se emocionar, se apresentou pela segunda vez no festival realizado no Rio de Janeiro, em um show memorável.

Além disso, durante sua apresentação a cantora abriu espaço para participações de Pretinho da Serrinha e do grupo Dream Team do Passinho - que já havia se apresentado ao lado de Fernanda Abreu - e apoiou o apelo pela demarcação de terras na Amazônia, com discurso da coordenadora de Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (Apib), Sonia Guajajara.

Última atração de pop no Rock in Rio, Justin Timberlake soube fazer esta noite ser especial para os presentes.

O cantor, que não sai em turnê desde o encerramento da The 20/20 Experience World Tour, em 2014, preparou um setlist cheio de hits para comemorar sua volta aos palcos.

No repertório, muito pop que tocou nas rádios de todo o mundo desde seu lançamento solo como "Cry Me a River", "Summer Love" e "Sexy Back".

Outros sucessos como "What Goes Around", "Suit and Tie" e "Can't Stop the Feeling" não ficaram de fora do show, que acabou com a esperada "Mirrors", proporcionando um "grand finale" emocionante para os fãs do popstar.

Além dos artistas principais, atrações que aconteceram no Palco Sunset também merecem destaque. Os primeiros a se apresentar foram HMB & Virgul & Carlão, que levaram muito soul para a Cidade do Rock.

Os portugueses levantaram o pouco público ainda presente com uma mistura de funk, R&B e Soul.

Quem também se apresentou neste palco foi Maria Rita, ao lado de Melody Gardot, em um show de jazz com nuances de música popular brasileira. A cantora americana fez uma pequena participação apenas, mas encantou o público presente.

Com a responsabilidade de fechar o palco Sunset no primeiro fim de semana, Nile Rodgers e The Chic levaram muito dance ao Rock in Rio. O público mostrou muita animação e vibrou com o swing dos americanos, que surpreenderam com um show vibrante.
 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo