Entretenimento

Expo de Astana chega ao fim após três meses de sucesso

11/09/2017 13h49

Astana, 11 set (EFE).- O presidente do Cazaquistão, Nursultan Nazarbayev, deu ponto final neste domingo à Expo Astana 2017, realizada durante três meses com o tema "A energia do futuro" e que, segundo suas palavras, foi "um sucesso".

"A Expo foi um sucesso. Esta é uma das conquistas mais brilhantes do Cazaquistão desde sua independência", afirmou Nazarbayev na cerimônia de encerramento desta exposição internacional no Centro de Congressos de Astana, onde Dubai recebeu o bastão para sediar a próxima edição, que acontecerá em 2020.

O secretário geral do Bureau Internacional de Exposições (BIE), o espanhol Vicente Loscertales, catalogou esta exposição internacional como "um tremendo sucesso".

Durante os três meses de duração, o evento contou com a presença de quase 4 milhões de visitantes e de cerca de 50 líderes internacionais, além de ter contado com mais de 3.000 eventos artísticos, culturais e esportivos.

"Entre 40.000 e 50.000 pessoas visitaram a exposição por dia. Meio milhão de pessoas vieram à Expo de 180 países diferentes, ou seja, um em cada seis visitantes era estrangeiro", declarou Nazarbayev.

Isso representou um grande impulso econômico e turístico para esta ex-república soviética e, segundo o político, ajudou a catalisar o processo de interações entre os negócios e a ciência.

A bandeira da Expo foi entregue ao presidente do BIE, Stein Christensen, que a passou a Dubai, cidade responsável por organizar este evento internacional em 2020.

A cerimônia de encerramento contou com diversos shows e um espetáculo de luzes e laser que apresentava um mundo futuro baseado na importância das energias renováveis, em alusão ao tema central da Expo de Astana.

Foram apresentadas algumas dos 153 invenções exibidas na Expo, como a inovação para a iluminação pública através da energia cinética que a população produz ao caminhar pelas ruas ou a energia gerada por plantas, baseada no processo da fotossíntese.

Além disso, 2.232 pessoas, fazendo referência ao número de horas que a exposição internacional ficou aberta, formaram uma corrente humana desde o Centro de Congressos até o pavilhão Nur Alem, a maior construção esférica do mundo, com 80 metros de diâmetro e símbolo da Expo.

Durante a cerimônia de encerramento também houve um grande espetáculo pirotécnico que iluminou tanto o ambiente da Expo como a moderna capital cazaque.

A Expo de Astana superou as expectativas de visitantes e contou com a participação de 115 países e 22 organizações internacionais. O evento convidou participantes e visitantes a refletirem sobre a importância de conquistar avanços rumo a um sistema energético mundial cada vez mais baseado nas energias renováveis, que ajude a reduzir as emissões de CO2 e a dependência do petróleo e que aumente a autonomia energética das diferentes regiões e comunidades.

Para esta edição Expo, foram construídos em Astana vários hotéis, com capacidade para 35.000 pessoas, alguns de grande luxo, e residências para 40.000 estudantes.

Além disso, foi melhorado o sistema de transporte e construído um novo megaterminal no aeroporto Internacional de Astana, com o fim de aumentar sua capacidade de 3,6 milhões de passageiros por ano para 8,2 milhões.

O Cazaquistão fechou acordos bilaterais e multilaterais de "céus abertos" para estes três meses de Expo e flexibilizou o regime de vistos para dezenas de países.
 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo