Entretenimento

Expo Astana terá fim neste domingo com bastão sendo passado para Dubai

09/09/2017 15h38

Astana, 9 set (EFE).- O Cazaquistão se despedirá neste sábado da Expo Astana 2017, com direito a entrega da bandeira oficial do evento internacional para Dubai, nos Emirados Árabes, que será responsável pela organização da edição de 2020.

A cerimônia de encerramento tem previsão de contar com inúmeros chefes de estado, como os presidentes da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, Venezuela, Nicolás Maduro, e Afeganistão, Ashraf Gani.

A programação oficial do evento, que acontecerá no Centro de Congressos, terá discursos do presidente do Cazquistão, Nursultan Nazarbayev, do secretário-geral do Escritório Internacional de Exposições, o espanhol Vicente Loscertales, e o presidente da Companhia Nacional Astana Expo 2017, Akhmetzhan Yesimov.

Além disso, a capital da antiga república soviétiva, localizada na Ásia Central, preparou desfiles, show e outros espetáculos culturais, além de queima de fogos, para celebrar a realização do evento.

O ponto alto, com participação esperada de mais de 2 mil pessoas, incluindo voluntários e responsáveis pelas delegações dos países participantes, terá uma exibição aérea, acompanhada de espetáculo de luzes e laser, dentro da ideia central do evento, os desenvolvimentos em energia e tecnologia.

O grupo sul-africano MuzArt, a cantora cazaque Mayra Mukhamedkyzy e a orquestra sinfônica de Marat Bisengaliev, entre outros, serão as atrações musicais da cerimônia de encerramento.

A Expo Astana, realizada com o lema "A energia do futuro", superou as expectativas de visitantes recebidos, atraindo mais de 3 milhões de pessoas, e contar com a participação de 115 países e 22 organizações internacionais.

Durante os três meses de duração, o evento teve mais de 3.000 eventos artísticos, culturais e esportivos.

O principal objetivo é permitir a reflexão sobre a importância de o planeta evoluir para um sistema energético mundial cada vez mais baseado nas fontes renováveis, que ajudem a reduzir as emissões de CO2 e a dependência do petróleo, e que aumente a autonomia de diferentes regiões e comunidades do mundo.

Dubai será a cidade-sede da Expo 2020, com o slogan "Conectando mentes. Criando futuro". Os Emirados Árabes Unidos se transformarão, assim, no primeiro país do Oriente Médio, Norte da África e a Ásia Meridional a organizar uma exposição internacional.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo