Entretenimento

São Paulo Fashion Week se inspira na arte e exalta universo feminino

28/08/2017 21h14

São Paulo, 28 ago (EFE).- O segundo dia da São Paulo Fashion Week começou a pleno vapor nesta segunda-feira com oito desfiles inspirados na arte e na exaltação do universo feminino, com evidentes raízes brasileiras.

A manhã foi aberta na Japan House pela UMA, de Raquel Davidowicz, com uma coleção minimalista em tons brancos e pretos e tecidos em seda natural e de algodão. A coleção teve grande inspiração japonesa em seus cortes simples e austeros, com modelos de diferentes idades e tamanhos em celebração à diversidade feminina.

Paula Raia exaltou o "sagrado feminino" em sua extraordinária coleção cheia de trabalhos artesanais brasileiros, utilizando somente materiais de experimentação com tecidos naturais em um desfile de 35 vestidos em tons rosa e nude, apresentados por modelos-sacerdotisas que recebiam o público com uma dança.

A estilista vestiu todos os convidados de rosa para o desfile, que foi realizado na agência Flagcx, na Vila Madalena, toda decorada com quartzos e sal do Himalaia. Essa coleção pode ser definida como alta-costura pela elaboração do trabalho em peças de algodão estampadas com formas geométricas, trabalho artesanal de inspiração romântica e sedas trabalhadas com aplicações de vidro.

A sala de desfiles do Pavilhão da Bienal, situado no parque do Ibirapuera, contou com o desfile de Osklen, que prestou homenagem com a Tarsila do Amaral, a artista mais emblemática do modernismo brasileiro. A coleção teve linho, algodão e seda em tons de branco e areia e peças estampadas com famosas obras da pintora em vestidos, saias e calças, tantos femininos como masculinos.

Vix Paula Hermanny foi a primeira marca de roupa de banho da 44ª edição do evento, que com cores vibrantes e inusitadas apresentou uma coleção muito tropical, inspirada nos anos 80 com tops, decotes retos e maiôs que foram acompanhados por grandes chapéus de palha e colares de conchas naturais.

A tarde no Pavilhão da Bienal também contou com a presença da marca Fabiana Milazzo e seus tradicionais vestidos de noite em materiais sempre nobres como a seda pura, o chiffon e os tules lisos e plissados, com uma coleção inspirada nos sonhos e no universo lúdico feminino.

Para fechar o dia, a marca Lilly Sarti apresentará uma coleção inspirada na liberdade feminina, de tinturas urbanas, com peças feitas exclusivamente por mão de obra local e usando 85% de materiais locais. O estilista João Pimenta e a marca Triya também mostrarão suas coleções de roupa masculina e de banho, respectivamente.

Está prevista para a terça-feira outra agenda abarrotada de desfiles, com marcas de roupa de banho como Lenny Niemeyer e Água de Coco, que terá a presença de Carol Trentini como modelo internacional da marca. Também subirão às passarelas as coleções de Vitorino Campos e PatBo.
 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Entretenimento

Topo