Entretenimento

MG lança candidatura de Tiradentes e BH à rede de cidades criativas da Unesco

26/08/2017 18h24

Tiradentes (MG), 26 ago (EFE).- O governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel (PT), anunciou na tarde deste sábado, durante a 20 edição do Festival de Cultura e Gastronomia de Tiradentes, a candidatura do município e também a de Belo Horizonte à Rede de Cidades Criativas da Unesco no segmento de Gastronomia.

Segundo Pimentel, a candidatura "simboliza aquilo que a gente tem de melhor, a gastronomia mineira, reconhecida no Brasil e internacionalmente".

"Tenho certeza que vai gerar estímulo pra economia como um todo.Não só a gastronomia em si, mas toda a cadeira produtiva dinamizada por isso. Desde a agricultura até a hotelaria e o sistema de transportes", destacou o governador em entrevista à Agência Efe em Tiradentes.

A Rede de Cidades Criativas da Unesco foi instituída em 2004 e já reúne 116 cidades de 54 países nos campos de Gastronomia, Literatura, Artesanato, Música, Audiovisual, Design e Mídia. O objetivo é situar a criatividade e as indústrias criativas no centro dos planos de desenvolvimentos destes locais e contribuir para a cooperação e troca de experiências em nível internacional.

No Brasil já fazem parte da rede as cidades de Florianópolis e Belém, no segmento da Gastronomia, Curitiba em Design, Salvador em Música e Santos no Audiovisual.

"Nosso talento, nosso ativo existe, mas as coisas estavam um pouco soltas. O que estamos procurando fazer é juntar isso, pra ganhar consistência, ganhar força", destacou Aluizer Malab, presidente da Belotur, empresa pública responsável pela divulgação do turismo em Belo Horizonte.

"A vinda desse reconhecimento como cidade criativa da Unesco vai não só ajudar, mas coroar o movimento gastronômico de Tiradentes e, evidentemente, vai nos trazer mais benefícios no sentido de maior desenvolvimento e de interação com outras cidades ao redor do mundo", ressaltou Helvio Santos, presidente da Associação Empresarial de Tiradentes.

O processo de candidatura à Rede de Cidades Criativas da Unesco é realizado pela Unesco a cada dois anos. As cidades mineiras se candidataram na chamada pública internacional de 2017, finalizada, em 16 de junho, e o resultado será anunciado pela entidade no próximo dia 31 de outubro.

E, se depender do governador, Minas Gerais tem muitos outros municípios aptos a ostentar reconhecimento de cidade criativa.

"Na gastronomia, todas a cidades mineiras tem alguma coisa pra mostrar. no norte, no Vale do Jequitinhonha, na Zona da Mata... São valores históricos e culturais que a gente tem e deve valorizar, porque agora, mais do que nunca, eles vão ser importantes pra retomada do crescimento econômico", afirmou Pimentel.

A iniciativa das candidaturas partiu de uma proposta conjunta do governo, das prefeituras das duas cidades e parceiros como o Sebrae/MG, Abrasel/MG, Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação, Frente da Gastronomia Mineira, Associação Empresarial de Tiradentes, Circuito Trilha dos Inconfidentes e universidades da região, entre outros.
 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Entretenimento

Topo