Entretenimento

R.Dominicana aposta em energias renováveis em luta contra a desigualdade

08/08/2017 19h20

Astana, 8 ago (EFE).- O ministro de Energia e Minas da República Dominicana, Antonio Isa Conde, afirmou apostar no uso de energias renováveis para a luta contra a desigualdade, em um evento que comemorou o Dia da República Dominicana na Expo Astana 2017, no Cazaquistão.

"Acreditamos que as fontes de energia renovável ajudam a resolver os problemas de desigualdade se promovidas em pequena escala em regiões remotas que não estão cobertas pelas redes elétricas convencionais", disse Isa Conde.

"Na atualidade, estamos desenvolvendo uma estratégia para a construção de instalações micro-hidráulicas nas áreas povoadas de difícil acesso. Isto muda a vida das pessoas que, pela primeira vez, podem utilizar eletrodomésticos, como frigoríficos, que melhoram a qualidade de vida", acrescentou.

Segundo o ministro dominicano, o país caribenho fez a instalação de infra-estruturas que lhe permitem obter até 800 megawattos de fontes renováveis, dos quais mais de 600 provêm de plantas hidroelétricas, 135 de energia eólica e 30 de biomassa.

Por sua vez, o embaixador dominicano em Astana, Hans Dannenberg Castellanos, declarou que o país quer se tornar um parceiro estratégico para o Cazaquistão no Caribe.

"Estabelecemos relações diplomáticas com o Cazaquistão em 2012. Queremos ser um parceiro estratégico do Cazaquistão na região do Caribe, e o Cazaquistão se transformou no nosso parceiro estratégico na Ásia Central", disse o embaixador em uma coletiva de imprensa por ocasião do Dia da República Dominicana na Expo Astana.

O diplomata lembrou a assinatura de vários acordos de cooperação para as áreas de energia, turismo, justiça e cultura em junho, durante a visita do ministro de Relações Exteriores dominicano, Miguel Vargas, ao Cazaquistão.

"O turismo é uma das direções para fortalecer a cooperação entre os nossos dois países", acrescentou.

O Dia Nacional da República Dominicana na Expo contou com a presença do saxofonista e compositor dominicano Sandy Gabriel, fundador e diretor do Grupo PP Jazz Ensemble.

A Expo Astana 2017, que debate a importância de um avanço rumo a um sistema energético mundial cada vez mais baseado nas energias renováveis, será realizada até 10 de setembro na capital do país centro-asiático.
 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo