Topo

Entretenimento

Sonia Braga exalta cinema ibero-americano e critica "preconceito"

22/07/2017 17h42

Madri, 22 jul (EFE).- Indicada na categoria de melhor atriz dos Prêmios Platino, Sonia Braga se mostrou tão firme no tapete vermelho como sua personagem, Clara, em "Aquarius", ao falar sobre o valor do cinema ibero-americano.

"Temos que continuar produzindo e promovendo o cinema ibero-americano. A verdade é que se olharmos para o que acontece atualmente, entendemos. Há muita resistência, muito preconceito", comentou a brasileira.

Na opinião da atriz, tanto "Aquarius" como a personagem que ela interpreta no filme se transformaram em um símbolo de resistência. "A equipe quis ensinar essa resistência nos festivais e eventos", disse.

Como exemplo, Sonia Braga lembrou de protestos como o do tapete vermelho de Cannes, onde os integrantes do longa-metragem levaram cartazes para criticar o processo de impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, o que denunciaram como golpe de Estado.

Para a atriz, "há uma direita muito forte e muito desagradável que ganhou força no Brasil e os artistas acabam transmitindo o que são". Segundo ela, "a situação brasileira é algo que não se pode compreender".
 

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento