Entretenimento

Presidente da Academia Espanhola abre tapete vermelho dos Prêmios Platino

22/07/2017 14h29

Madri, 22 jul (EFE).- A presidente da Academia Espanhola de Cinema, Yvonne Blake, a primeira a passar pelo tapete vermelho dos Prêmios Platino deste ano na Caja Mágica de Madri, afirmou que a premiação ibero-americana "já alcançou a categoria do Óscar".

"Eu me sinto muito orgulhosa de estar aqui", disse Blake, uma "apaixonada pelo" cinema latino, o qual admira pela "grande variedade de temas desenvolvidos" e pelos bons profissionais que trabalham nas produções.

Blake também se referiu ao "estupendo" local escolhido para o evento e não descartou considerar o lugar para a celebrar uma futura edição do prêmios Goya, mas "para depois 2018".

O tapete vermelho começou minutos antes do previsto, por volta das 18h25 (hora local; 13h em Brasília), quando chegaram a presidente da Academia, seguida por Antonio Velázquez; Pepón Nieto, Ingrid García Jonsson e a produtora chilena Vivienne Berry, indicada ao prêmio de Melhor Documentário por "Atrapados en Japón".
 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo