Entretenimento

Museu japonês divulga vídeo de Hiroshima dez anos antes da bomba nuclear

21/07/2017 06h21

Hiroshima (Japão), 21 jul (EFE).- O Museu da Paz de Hiroshima, no Japão, divulgou um vídeo inédito que mostra a vida diária na cidade japonesa em 1935, uma década antes da bomba atômica que a devastaria totalmente.

"Não há muitos materiais anteriores ao dia 6 de agosto de 1945, pois a bomba destruiu tudo. Queríamos reconstruir parte da história (de Hiroshima) antes que se perdesse definitivamente", explicou nesta sexta-feira, à Agência Efe, Kenji Shiga, diretor do museu.

A gravação, em branco e preto e de pouco mais de 3 minutos de duração, mostra o centro de Hiroshima, uma cidade movimentada e animada, em abril de 1935.

Flores de cerejeiras enfeitavam as ruas, enquanto seus moradores caminham ou passeiam de bicicleta, perto do distrito comercial de Hatchobori, além de utilizarem o bonde ou pescar nos canais da cidade.

Dez anos depois, no dia 6 de agosto de 1945, uma bomba atômica lançada pelos Estados Unidos acabou com a vida de aproximadamente 80 mil pessoas de forma imediata e varreu do mapa uma das cidades mais populosas do Japão naquela época.

A publicação deste vídeo faz parte de uma estratégia de conservação do Museu da Paz que começou em 2016 e tem se concentrado, entre outros aspectos, na melhora das condições de exibição e armazenamento das peças ou na digitalização de fotografias e fitas de vídeo.

O vídeo tinha sido doado ao Museu pelo seu autor, Genjiro Kawasaki, em 1963, mas foi agora decidiram digitalizar o filme de 16 milímetros, para "conservar-lo melhor" e conseguir "uma visão mais nítida", segundo Shiga.

A filme pode ser visto na biblioteca do Museu da Paz de Hiroshima, bem como em seu banco de dados on-line.
 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo