Entretenimento

Arqueólogos encontram necrópole do século XVII no centro de Moscou

16/05/2017 22h48

Moscou, 16 mai (EFE).- Arqueólogos russos descobriram restos de um cemitério do século XVII no centro de Moscou, informaram nesta terça-feira as autoridades da capital da Rússia.

Os fragmentos de lápides de pedra branca e túmulos foram achados durante trabalhos de escavação na rua Sretenka, segundo uma nota no site da prefeitura moscovita.

De acordo com a informação, perto do edifício número 20 da rua Sretenka os arqueólogos encontraram os alicerces de uma antiga catedral e sua necrópole.

Na mesma área foram descobertos também restos de uma calçada de madeira, construída, segundo estimativas preliminares, no século XVIII.

Além disso, os arqueólogos recuperaram outros objetos da época que, depois de serem estudados para determinar sua idade exata, engrossarão as exposições dos museus da capital russa.

Os trabalhos arqueológicos que se iniciaram no centro da capital russa nesta primavera já levaram a insólitos achados como um "quarto secreto" na muralha de Kitai-gorod, que permitia interceptar as comunicações do outro lado da fortaleza.

Também foram descobertos mais de 150 artefatos de uso cotidiano dos antepassados dos moscovitas de hoje e um tesouro de moedas escondido em uma peça de xadrez dos tempos de Ivan, o Terrível.
 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo