Entretenimento

Leilão do icônico relógio "Calibre 89" fracassa na Suíça

Reprodução
O icônico "Calibre 89" Imagem: Reprodução

De Genebra (Suíça)

14/05/2017 20h03

O icônico relógio de bolso "Calibre 89", da marca Patek Philippe, oferecido neste domingo (14) em um leilão em Genebra, não teve comprador, apesar de ser um dos mais importantes do mundo e por 26 anos ter se mantido como o relógio de maior complexidade já fabricado.

Esta peça tinha sido avaliada entre US$ 6,4 milhões e US$ 9,9 milhões e a melhor oferta alcançou um pouco menos que a primeira cifra, sem incluir comissão. Por causa disso, a casa de leilões Sotheby's preferiu não vendê-lo.

Apresentado em 1989 pela Patek Philippe, para marcar o 150° aniversário da fabricante suíça, o relógio tem uma das mecânicas mais complexas já produzidas.

Feito de ouro, foi criado após quase uma década de pesquisa, artesanato e refinamento.

O "Calibre 89" tem 33 complicações, 24 ponteiros, 2 mostradores, 8 discos, 61 pontes, 129 rubis, 184 engrenagens, 332 parafusos e 429 componentes mecânicos, entre outras peças.

As funções do relógio incluem um calendário perpétuo, cronógrafo rattrapante e diversas indicações astronômicas, que contam também com carta estrelar, indicação de nascer e pôr do sol, equação do tempo, indicação de fases da lua e a indicação da data da Páscoa.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo