Entretenimento

Sul-africano William Kentridge vence Prêmio Princesa das Astúrias de Artes

Oded Balilty/AP
O artista sul-africano William Kentridge será agraciado com o prêmio Princesa das Astúrias Imagem: Oded Balilty/AP

Oviedo (Espanha)

04/05/2017 09h00

O artista sul-africano William Kentridge, conhecido por seus desenhos, pinturas, gravuras, colagens, esculturas e fotografias, foi agraciado nesta quinta-feira (4) com o Prêmio Princesa das Astúrias das Artes 2017, segundo o júri.

A candidatura deste artista comprometido socialmente e politicamente venceu outras 43 procedentes de 19 países que nesta ocasião concorriam a este prêmio, o primeiro dos oito que anualmente são concedidos pela Fundação Princesa das Astúrias.

Segundo o júri, trata-se de "um dos artistas mais completos e inovadores do panorama internacional", e além disso destaca-se por ser "profundamente comprometido com a realidade".

O Prêmio Princesa de Astúrias das Artes, que está em sua edição número 43, foi criado para reconhecer um trabalho extraordinário a nível internacional ao progresso e conforto social através da atividade cultural e artística.

Nascido em Joanesburgo em 1955, seus pais exerceram o papel de advogados especializados nas vítimas do apartheid e seu pai foi responsável pela defesa de Nelson Mandela, circunstância que determinou sua formação universitária - Ciências Políticas - antes de se dedicar à arte.

Nos anos 80 se mudou para Paris para estudar teatro na Escola Internacional de Teatro Jacques Lecoq e trabalhou como diretor artístico em séries de televisão, antes de começar a criar animações a partir de seus próprios desenhos.

Kentridge se une a outros destacados artistas internacionais que ganharam esse Prêmio em anteriores edições, entre eles Francis Ford Coppola, Michael Haneke, Norman Foster, Woody Allen, Paco de Lucía, Vittorio Gassmann e Bob Dylan.

O ato de entrega dos Prêmios Princesa de Astúrias será realizada em outubro em Oviedo (norte), em uma cerimônia presidida pelos reis de Espanha.

Cada prêmio está dotado com a reprodução de uma escultura de Joan Miró, 50 mil euros e um diploma.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo