Entretenimento

Polícia descarta relação entre suicídio e jogo "Baleia Azul" na Colômbia

03/05/2017 16h02

(Atualiza com declaração de porta-voz da polícia colombiana).

Bogotá, 3 mai (EFE).- A Polícia Nacional da Colômbia descartou nesta quarta-feira que o suicídio de dois adolescentes em Bogotá, que se jogaram do 13º andar de um edifício de apartamentos, tenha relação com o jogo online conhecido como "Baleia Azul", que sugere desafios a seus participantes e, por fim, os induz ao suicídio.

"(Os dois menores de idade), em nenhum momento, foram influenciados pelas redes sociais, descartamos qualquer relação com o fatídico jogo da 'Baleia Azul'", afirmou o chefe do departamento de infância e adolescência da polícia colombiana, Rodrigo Mancera, em declarações aos jornalistas.

O agente explicou que os dois jovens, de 14 e 15 anos, tinham "uma relação sentimental" e não descartou que a morte de ambos possa estar vinculada a algum tipo de "pacto".

Aparentemente, tudo isto estaria explicado em uma carta que os dois deixaram antes de cometerem suicídio e que está em poder dos responsáveis pela investigação.

A versão da polícia contrasta com a veiculada em um primeiro momento pelos serviços de emergência da capital colombiana, que informaram que, aparentemente, se tratou de um "suicídio influenciado pelo jogo 'Baleia Azul'", que gerou autêntico pânico entre as famílias do país.

Os jovens que se suicidaram são um adolescente de 14 anos e uma moça de 15, ambos com "traumatismo cranioencefálico severo", indicaram as autoridades.

Segundo as fontes, o corpo do garoto apresenta "lesões lineares em forma de setas no tórax feitas com elemento cortante", o que levou os serviços de emergência a pensar que o incidente estivesse relacionado com o jogo "Baleia Azul", que entre outros desafios, propõe aos adolescentes que realizem ações de autoflagelação.
 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo