Topo

Entretenimento

Morre aos 62 anos o ministro de cultura mexicano, Rafael Tovar y de Teresa

10/12/2016 17h23

Cidade do México, 10 dez (EFE).- O ministro da Cultura do México, Rafael Tovar y de Teresa, morreu na madrugada deste sábado em um hospital da Cidade do México aos 62 anos, informou a Secretaria Nacional de Cultura.

"Com pesar informamos que o Secretário Rafael Tovar y de Teresa faleceu nesta madrugada. Nosso pêsame a seus parentes e à comunidade cultural", disse a instituição em sua conta no Twitter.

O presidente do México, Enrique Peña Nieto, nomeou Tovar y de Teresa em dezembro de 2015 como titular da recém criada Secretaria de Cultura.

"O governo da República perde um homem exemplar, que durante anos serviu nosso país com vocação e entrega", escreveu Peña Nieto nas redes sociais ao saber da notícia.

Diplomata, advogado, historiador e ensaísta; Tovar y de Teresa nasceu em 6 de abril de 1954 na Cidade do México. Formou-se em Direito pela Universidade Autônoma Metropolitana e continuou seus estudos na Universidade de Sorbonne e na Escola de Ciências Políticas em Paris (França).

Em sua carreira de mais de 30 anos como funcionário público foi também diretor do Instituto Nacional de Belas Artes (INBA), e de 2001 a 2007 foi embaixador do México na Itália.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento