Entretenimento

Trio conquista Prêmio Nobel de Química por projeto de máquinas moleculares

05/10/2016 09h15

Copenhague, 5 out (EFE).- O francês Jean-Pierre Sauvage, o escocês Fraser Stoddart e o holandês Bernard L. Feringa receberam o prêmio Nobel de Química de 2016 "pelo desenvolvimento de máquinas moleculares", anunciou a Real Academia das Ciências da Suécia na manhã desta quarta-feira.

A organização reconheceu com o prêmio o trabalho dos três químicos que ajudaram no avanço da nanotecnologia para desenvolver "as menores máquinas do mundo". O objetivo era "construir máquinas com as dimensões da escala nanométrica" - sendo o nanômetro a milionésima parte do milímetro -, imitando elementos da natureza como o flagelo bacteriano ou as macromoléculas com forma de saca-rolhas que avançam ao girar.

Sauvage apresentou neste campo a técnica de reunir moléculas em torno de um íon de cobre, formando os menores elementos de construção de máquinas possíveis. Stoddart se focou na formação de moléculas de formas muito concretas que pudessem se encaixar umas nas outras e, assim, se movimentar. E Feringa liderou a pesquisa que desenvolveu e sintetizou uma molécula que girava na mesma direção, o que representou o primeiro motor molecular.

Segundo a Academia, eles conseguiram os elementos fundamentais para formar as máquinas moleculares (elementos mínimos, relacionados uns com outros e capazes de se movimentar e transmitir o movimento), lançando a corrida da nanotecnologia.

A academia sueca se mostrou convencida de que, graças ao trabalho do trio, o futuro terá muitas evoluções no campo da nanotecnologia que se baseiam nas descobertas destes químicos.

"Máquinas moleculares provavelmente vão ser usadas no desenvolvimento de novos materiais, sensores e sistemas de armazenamento de energia", disse a Academia em comunicado.

Jean-Pierre Sauvage nasceu em Paris em 1944 e atualmente é professor emérito em Estrasburgo, na França; Fraser Stoddart nasceu em Edimburgo em 1942 e é professor na Universidade de Northwestern, nos Estados Unidos; e Feringa nasceu em Barger-Compascuum em 1951, e é professor de Química Orgânica em Groningen, na Holanda.

Eles receberão um diploma, uma medalha de ouro e um prêmio em dinheiro, que este ano será de 8 milhões de coroas suecas (R$ 3.028.859).

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo