Topo

Entretenimento

Presidente da Academia Latina da Gravação alfineta Trump para louvar Grammy

21/09/2016 16h54

Los Angeles (EUA), 21 set (EFE).- O presidente da Academia Latina da Gravação, Gabriel Abaroa, ressaltou a qualidade e a diversidade dos indicados à 17ª edição do Grammy Latino, que foram anunciados nesta quarta-feira, e destacou o bom momento e o crescimento da música hispânica, especialmente nos Estados Unidos.

"Não há muro algum que possa ser construído que detenha o poder da música. Jamais. A música não conhece muros", disse Abaroa em entrevista por telefone à Agência Efe, em referência à polêmica proposta do candidato republicano à presidência dos EUA, Donald Trump, de erguer um muro na fronteira com México.

Abaroa destacou que artistas hispânicos como Romeo Santos e a banda Maná são capazes de encher enormes estádios americanos durante várias noites seguidas, uma amostra da capacidade de penetração da música latina fora de seu âmbito tradicional.

"Você vai a essas arenas e uma boa porcentagem é de pessoas de fala não hispânica, de origem não latina, mas eles gostam da música. E se nossos pais que não falavam inglês entenderam e amaram a música de Frank Sinatra e dos Beatles, não vejo por que quem não fala espanhol não pode se encantar com a música de qualquer um de nossos intérpretes", argumentou.

A Academia Latina da Gravação anunciou hoje os candidatos à 17ª edição do Grammy Latino, cuja cerimônia acontecerá no dia 17 de novembro em Las Vegas e para a qual Djavan parte como um dos favoritos, junto ao colombiano Fonseca e os mexicanos Jesse & Joy, com quatro indicações cada um.

O principal responsável da Academia Latina da Gravação se mostrou muito satisfeito por ter recebido mais de 10.500 solicitações para os prêmios, que superaram o recorde de 9.000 do ano anterior e mostram o bom momento da música latina.

"Há diversidade por país, por sexo, por gênero musical e porque encontramos velhos lobos do mar e novos valores", comentou.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento