Entretenimento

Governo lembra de 20° bem incluído na lista do Patrimônio da Humanidade

17/07/2016 15h04

Rio de Janeiro, 17 jul (EFE).- O governo lembrou neste domingo a decisão da Unesco de inscrever o conjunto urbano da Pampulha, em Belo Horizonte e que inclue obras de Oscar Niemeyer, como o 20° bem do Brasil na lista de Patrimônio Mundial da Humanidade.

"Ao reconhecer o valor universal excepcional da Pampulha, a Unesco considerou o conjunto como um símbolo da arquitetura moderna distante da rigidez do construtivismo e adaptada de forma orgânica às tradições locais e às condições ambientais brasileiras", destacou o governo em comunicado.

Na nota em que manifestou a "grande satisfação pela decisão", o governo descreveu o chamado Conjunto Moderno da Pampulha como o fruto da colaboração de grandes artistas da época como o arquiteto Oscar Niemeyer, o pintor Cândido Portinari e o paisagista Roberto Burle Marx.

"Essa abordagem pioneira criou uma nova linguagem arquitetônica fluída e integrada às artes plásticas, ao design e ao paisagismo", assegura o comunicado.

A Pampulha foi um dos quatro lugares incluídos hoje pelo Comitê do Patrimônio da Humanidade da Unesco, reunido em Istambul (Turquia), na lista de Patrimônios da Humanidade junto com os trabalhos do arquiteto suíço Le Corbusier (1887-1965), os estaleiros britânicos da ilha caribenha de Antígua (1720) e o Parque Nacional de Khangchendzonga no norte de Índia, na encosta do monte Kanchenjunga entre Nepal e Butão.

A Pampulha é um conjunto urbano construído em torno de um lago artificial na cidade de Belo Horizonte, cuja construção foi concluída em 1943 e que engloba a paisagem ao redor da lagoa da Pampulha, como os jardins desenhados por Burle Marx e algumas construções de Niemeyer.

Na parte arquitetônica destacam-se a igreja de São Francisco de Assis, o antigo Cassino, no qual hoje funciona o Museu de Arte da Pampulha, a Casa do Baile, o Clube de Iate e Golfe e a Praça Dalva Simão.

Artisticamente, o bem conta com o painel externo de azulejos desenhado por Portinari para decorar a igreja de São Francisco de Assis, que é uma das principais atrações turísticas de Belo Horizonte.

O governo reconheceu que, ao enviar a candidatura da Pampulha à Unesco, se comprometeu a restaurar alguma das obras do complexo, a melhorar seu plano de gestão, a desenhar uma estratégia de turismo para o bem e a adotar medidas para melhorar a qualidade de água da lagoa.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Entretenimento

Topo