Topo

Entretenimento

"Cultura do medo" será tema de debate em evento paralelo à Flip

10/06/2016 21h24

São Paulo, 10 jun (EFE).- A "cultura do medo" será debatida em um evento paralelo à Festa Literária Internacional de Paraty (Flip), que será realizada de 29 de junho a 3 de julho na cidade do litoral sul-fluminense.

O ciclo de debates 'Violência - A cultura do medo' estará a cargo do teólogo Leonardo Boff, a organização Casa Libre e a plataforma literária Nuvem de Livros.

O tema, segundo um comunicado dos organizadores, "possibilita a reflexão profunda sobre o Brasil contemporâneo e suas contradições nos mais variados campos sociais".

Participarão do encontro intelectuais, escritores, editores e políticos, que terão o teólogo e professor Leonardo Boff como mediador.

Entre os participantes foram confirmados os escritores Ricardo Lísias e Noemi Jaffe, o deputado Marcelo Freixo e a poeta Marilia García.

A violência contra a mulher, o golpe de Estado em 1964 e a resistência à ditadura que ficou no poder até 1985 serão alguns dos temas abordados no ciclo de debates, destacou o curador do ciclo e professor de literatura, Luis Maffei.

A presidente da Liga Brasileira de Editoras (Libre), Raquel Menezes, ressaltou a programação e os conteúdos que serão abordados.

O diretor da biblioteca virtual Nuvem de Livros, Roberto Bahiense, afirmou que a participação dos editores literários permite "capitanear um amplo debate sobre o papel da literatura em uma sociedade que se transforma continuamente".

A 14ª edição da Flip, que neste ano homenageará a poeta Ana Cristina Cesar, terá na presente edição como grandes protagonistas a bielorrussa Svetlana Aleksievich, Prêmio Nobel de 2015; o norueguês Karl Ove Knausgard e o britânico Irvine Welsh.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento