PUBLICIDADE
Topo

Com Sonia Braga, elenco de "Aquarius" protesta contra impeachment em Cannes

17/05/2016 14h07

Cannes (França), 17 mai (EFE).- A estreia do filme brasileiro "Aquarius" no Festival de Cannes foi marcada nesta terça-feira por um protesto realizado no tapete vemelho pelo elenco do longa, com a presença da atriz Sonia Braga, e por espectadores na sala de exibição contra o que qualificaram de "golpe de Estado" contra a presidente Dilma Rousseff.

"O Brasil está vivendo um golpe de Estado" ou "O Brasil já não é uma democracia" foram alguns dos cartazes que o elenco do filme mostrou ao subir as escadas antes da projeção de "Aquarius", que compete na seção oficial do Festival de Cannes.

O longa é dirigido pelo pernambucano Kleber Mendonça Filho e marca o retorno de Sonia Braga, com 65 anos, à grande tela.

Diante da entrada do Grand Théàtre Lumière, a equipe do filme primeiro se manteve parada, posando para fotografias. Logo depois, o diretor mostrou o primeiro cartaz. Em seguida, os colegas fizeram o mesmo.

O filme brasileiro é um dos mais esperados pela crítica no festival, graças ao sucesso de "O Som ao Redor", também do mesmo diretor, e ao retorno da atriz Sonia Braga, com 65 anos, à grande tela.