PUBLICIDADE
Topo

Diamante histórico pode ser vendido por US$ 70 milhões em leilão em Londres

04/05/2016 15h56

Nova York, 4 mai (EFE).- O histórico diamante Lesedi la Rona, de 1.109 quilates, pode ser vendido por até US$ 70 milhões em um leilão programado para o final do mês de junho, segundo anunciou nesta quarta-feira a casa Sotheby's.

A joia, de entre 2,5 bilhões a 3 bilhões de anos de antiguidade, será oferecida em Londres no próximo dia 29 de junho em um leilão exclusivo para o diamante, descoberto em novembro de 2015 em Botsuana.

Seu nome significa "Nossa Luz" em tswana, idioma de regiões do sul da África.

Segundo a Sotheby's, o Lesedi la Rona é o segundo diamante de maior qualidade já descoberto e seu tamanho é parecido ao de uma bola de tênis.

O presidente da divisão de joias da casa, David Bennett, afirmou em comunicado que a peça é uma descoberta "única" e "sem precedentes".

"Não só é superlativo em tamanho e qualidade bruta, mas um diamante desta escala nunca tinha sido oferecido nem remotamente em um leilão público", comentou.

A Sotheby's ressaltou que este diamante tem o potencial de se transformar na gema de maior qualidade já cortada e polida, e lembrou que só o diamante Cullinan, achado na África do Sul em 1905 e de 3.016 quilates, supera o tamanho da pedra que será leiloada.

O diamante poderá ser observado nas instalações da Sotheby's em Nova York no próximo dia 7 de maio, e em Londres de 18 de maio até 28 de junho, um dia antes do leilão.