Entretenimento

Calatrava apresenta novo ícone de Dubai, uma torre maior que o Burj Khalifa

10/04/2016 15h12

Dubai, 10 abr (EFE).- O arquiteto espanhol Santiago Calatrava apresentou neste domingo em Dubai o que será o próximo "ícone dos Emirados Árabes", uma torre inspirada nos lírios que custará US$ 1 bilhão e será maior que o Burj Khalifa, atualmente o edifício mais alto do mundo.

Em entrevista coletiva junto a Calatrava, o presidente da imobiliária Emaar Properties, promotora da construção, Mohammed Al Abbar, afirmou que as obras começarão entre junho e julho deste ano e terminarão antes da Expo 2020 em Dubai.

O mandatário da empresa explicou que a torre de Dubai Creek Harbour, será maior que Burj Khalifa, de 830 metros de altura, a mais alta do planeta. Calatrava considerou "uma grande honra participar de um projeto tão especial".

"Minha equipe e eu colocamos o nosso coração nesta torre, pois as grandes coisas só vêm do coração", comentou o arquiteto, que também assina o projeto do Museu do Amanhã, inaugurado neste ano na zona portuária do Rio de Janeiro.

O vice-presidente dos Emirados Árabes e governador de Dubai, o xeque Mohammed bin Rashid Al Maktoum, escolheu entre cinco propostas de arquitetos reconhecidos internacionalmente o projeto do espanhol, que é baseado em uma flor de lírio e no tradicional minarete das mesquitas.

"A proposta de Calatrava atendia perfeitamente às necessidades que estávamos buscando para o nosso novo centro de Dubai", afirmou Al Abbar.

De acordo com o arquiteto, o design da torre "tem uma clara referência à arte clássica" e a tecnologia será utilizada como "meio para desenvolver um edifício que une a beleza, a elegância e a arte".

"Os materiais que utilizaremos serão de engenharia moderna, principalmente vidro e cabos resistentes, que encaixarão a torre ao solo e cujo design é inspirado nas delicadas flores de lírio", detalhou Calatrava.

O edifício contará em seu interior com 20 andares de apartamentos, um hotel, restaurantes, jardins e vários observatórios com vistas de 360 graus sobre Dubai.

A torre do complexo Dubai Creek Harbour, que durante as noites será iluminada de azul e verde, será uma "homenagem à positividade, à energia e ao otimismo simbolizado por Dubai e Emirados Árabes Unidos graças a uma liderança comprometida com o progresso", disse Al Abbar.

O novo projeto de Calatrava será o centro de Dubai Creek Harbour, uma "cidade do futuro", como definiu Al Abbar, com seis quilômetros quadrados.

A torre estará localizada junto ao Creek - o rio de Dubai - e ao Santuário Nacional de Vida Silvestre de Ras Al Jor, um lugar protegido pela Convenção de Ramsar da Unesco e que abriga mais de 67 espécies de aves aquáticas.

Esta grande urbanização, idealizada para se tornar um destino turístico mundial, é "inspirada na tradição e na cultura dos Emirados", disse o presidente da imobiliária.

O complexo de Dubai Creek Harbour, desenvolvido conjuntamente por Emaar Properties e Dubai Holding, contará com 3.664 escritórios, 39 casas, 22 hotéis com 4,4 mil quartos e as Torres Gêmeas de Dubai, que serão as mais altas do mundo.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Entretenimento

Topo