Topo

Entretenimento

Teatro Santander é inaugurado para estimular cena cultural de São Paulo

24/03/2016 15h53

Sao Paulo, 24 mar (EFE).- Mesmo em tempos de turbulência econômica, o setor de entretenimento em São Paulo segue em expansão e prova disso é a inauguração nesta quinta-feira do Teatro Santander, um espaço multiuso que recebeu um investimento de R$ 100 milhões para acolher grandes musicais, eventos corporativos e shows.

"Claro que a crise afeta a todos, o mercado de cultura e entretenimento não é diferente, mas como em São Paulo este é um setor estabelecido, os investimentos são estimulados", disse à Agência Efe Rogério Dezembro, CEO da WTorre Entretenimento, administradora do espaço.

O executivo afirmou que o mercado de cultura paulista está entre os cinco maiores do mundo e, entre eventos corporativos e grandes shows internacionais, conta com uma média de ao menos um evento a cada seis minutos, o que acontece "em pouquíssimos lugares do mundo".

"A cidade de São Paulo é quase um país dentro do próprio Brasil. Um mercado deste tamanho não pode continuar com uma estrutura precária, com projetos muito antigos que foram construídos em outra época, para outras necessidades", comentou Dezembro.

A fachada de 60 mil blocos de vidro, importados da República Tcheca, e a iluminação em LED controlada por computador foram projetadas pelos arquiteto Edo Rocha, que assinou, entre outros projetos, o do Allianz Parque, na Barra Funda, administrada também pela WTorre.

O Teatro Santander é um lançamento dos grupos WTorre e Iguatemi, teve os "naming rights" adquiridos pela sucursal brasileira do banco espanhol e conta com capacidade total de até 2.085 espectadores, podendo ser utilizado de diferentes formas graças a seu sistema inédito no país de recolhimento automático de poltronas.

Esta tecnologia, destacou o executivo, viabiliza a realização de eventos corporativos durante os dias úteis e, em apenas 20 minutos, preparar o teatro para um entretenimento mais familiar, como é o caso dos musicais que Dezembro definiu como "o grande conteúdo do teatro".

Nesse sentido, o executivo garantiu que a agenda dos primeiros dois anos já está preenchida por espetáculos desse tipo.

"Vamos buscar preencher o restante do calendário com shows coorporativos. Queremos ocupar 100% dele a partir da sua abertura", destacou Dezembro.

Em sua inauguração, o teatro receberá o espetáculo "We Will Rock You", versão brasileira da produção musical inspirada nas músicas da banda inglesa Queen.

No segundo semestre será a vez de "My Fair Lady", que tem sua terceira montagem em solo nacional - a segunda assinada por Jorge Takla, diretor franco-libanês renomado de musicais e óperas - estrear com a história imortalizada no cinema por Audrey Hepburn. EFE

fm/rsd

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento