Topo

Entretenimento

Estudo japonês revela duas possíveis câmaras ocultas no túmulo de Tutancâmon

17/03/2016 10h11

Cairo, 17 mar (EFE).- Os estudos com radar efetuados por uma equipe japonesa revelaram a existência de "dois ocos ou câmaras" escondidos atrás dos muros da tumba do faraó Tutancâmon, na cidade monumental de Luxor, anunciou nesta quinta-feira o ministro egípcio de Antiguidades, Mamduh al Damati.

Damati explicou em entrevista coletiva que têm 90% de certeza desta hipótese, mas que ainda são necessários mais imagens, que serão feitas no final deste mês.

Em declarações à Agência Efe, o ministro apontou que esses espaços poderiam ser tanto câmaras como corredores e que também foram detectados material orgânico e metálico.

O estudo, dirigido pelo especialista japonês Hirokatsu Watanabe, revelou que certamente "há algo" por trás dos muros norte e oeste da câmara funerária do chamado "faraó menino", disse Damati.

Atrás do muro norte foi detectado uma oco ou nicho de até 1,5 metro de diâmetro e dois metros de profundidade, segundo a análise com raios infravermelhos realizada no final de novembro na tumba de Tutancâmon.

Além disso, as imagens revelaram que na parede norte existe um oco, talvez uma porta de acesso à câmara oculta, que foi coberta com material mais leve do que o resto das paredes, feitas de pedra maciça.

Esta descoberta confirmaria a hipótese do arqueólogo britânico Nicholas Reeves, que considera que há uma câmara escondida no sepulcro de Tutancâmon, após observar pequenas fendas, exatamente no muro norte da tumba.

Segundo Reeves, por trás dessa parede poderia estar a câmara funerária da rainha Nefertiti (madrasta de Tutancâmon), embora Damati tenha dito várias vezes que poderia abrigar também a múmia da rainha Meritaton (filha e mulher de Akenaton, pai de Tutancâmon) ou da mãe do "faraó menino", Kiya.

Tutancâmon morreu jovem, após um breve reinado entre 1332 e 1323 a.C. aproximadamente, mas foi a descoberta dos tesouros intactos em sua tumba que criou uma febre pela egiptologia.

fc-agm/cd

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento