Topo

Entretenimento

Projetos brasileiros são selecionados para Festival de Berlim

21/01/2016 15h23

Berlim, 21 jan (EFE).- Ao todo, três projetos artísticos do Brasil farão parte da seção Forum Expanded, integrada por 49 iniciativas e dedicada a explorar os limites entre o cinema e as artes visuais na 66ª edição do Festival de Berlim, que começará em 11 de fevereiro.

O país estará presente nesta seção com os filmes "Muito Romântico", dos gaúchos Melissa Dullius e Gustavo Jahn e feita em coprodução com a Alemanha; e "Ruína", do carioca Gabraz Sanna; assim como com a exposição "A Mina dos Vagalumes", do mineiro Raphaël Grisey e realizada conjuntamente com a França, segundo o comunicado divulgado nesta quinta-feira pela organização do festival.

Este ano, a programação inclui 32 filmes, 15 instalações, uma conferência com atuação e uma conferência simples. Os trabalhos selecionados têm como objetivo abrir espaço através deles, com temas como a guerra, as nacionalidades, a exportação de armas, a fuga e o capitalismo como componentes essenciais da ideologia e a mitologia na linguagem cinematográfica.

Também estará no festival o curta-metragem "Das águas que passam" do diretor capixaba Diego Zon.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento