Entretenimento

Latinos se destacam nos prêmios para TV do Globo de Ouro

11/01/2016 03h37

David Villafranca.

Los Angeles (EUA), 10 jan (EFE).- O mexicano Gael García Bernal e o guatemalteco Óscar Isaac foram premiados na 73ª edição dos Globos de Ouro, que aconteceu neste domingo em Los Angeles, e que consagrou às séries estreantes de televisão "Mr. Robot" e "Mozart in the Jungle" como melhor série dramática e de comédia ou musical, respectivamente.

Além de García Bernal e Isaac, também eram indicados o brasileiro Wagner Moura, por sua interpretação do traficante colombiano Pablo Escobar em "Narcos", e a atriz de origem porto-riquenho Gina Rodríguez, que no ano passado ganhou o Globo de Ouro de melhor atriz por "Jane the Virgin". Ambos não levaram os prêmios em suas respectivas categorias.

García Bernal, nomeado melhor ator de comédia justamente por "Mozart in the Jungle", e Isaac, melhor ator em uma minissérie por "Show Me a Hero", deram o toque latino aos prêmios entregues pela Associação da Imprensa Estrangeira de Hollywood.

Uma das grandes vencedoras da noite foi "Mr. Robot", a série sobre um grupo de hackers que tenta derrotar uma temível corporação tecnológica, que ganhou o Globo de Ouro de melhor série de drama, além do prêmio de melhor ator coadjuvante para Christian Slater.

Por outro lado, ficaram sem prêmio candidatas de drama do nível de "Game of Thrones", "Outlander" e "Narcos".

"Mozart in the Jungle" saiu fortalecida, já que ao prêmio para García Bernal somou o de melhor comédia ou musical, vencendo "Transparent".

Esta série foi uma das principais derrotadas da noite, já que não conseguiu repetiu o prêmio de melhor comédia ou musical nem conseguiu os prêmios para seus intérpretes, Jeffrey Tambor e Judith Light.

Por outro lado, os Globos de Ouro se lembraram de "Mad Men", a aclamada série sobre publicidade que se despediu em 2015 após sete temporadas, e premiaram Jon Hamm por sua interpretação do carismático e elegante Don Draper.

Taraji P. Henson recebeu o prêmio de melhor atriz de drama por seu papel na série sobre a gravadora "Empire", enquanto Rachel Bloom venceu de forma inesperada como melhor atriz de comédia ou musical por "Crazy ex-Girlfriend".

Na categoria minisséries, "Fargo", que foi a grande vencedora do ano passado, não recebeu nenhum prêmio e passou a vez para "Wolf Hall", uma produção de temática histórica ambientada na Inglaterra do século XVI.

Uma das surpresas da noite foi o prêmio para a cantora Lady Gaga como melhor atriz em uma minissérie ou série de TV por "American Horror Story: Hotel", batendo nada menos que Kirsten Dunst, Queen Latifah, Felicity Huffman e Sarah Hay.

Em relação ao número de estatuetas, "Mr. Robot" e "Mozart in the Jungle" ganharam dois prêmios enquanto "The Affair" (para sua atriz coadjuvante Maura Tierney), "American Horror Story: Hotel", "Crazy ex-Girlfriend", "Empire", "Mad Men", "Show Me a Hero" e "Wolf Hall" se contentaram com um prêmio cada uma.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo