PUBLICIDADE
Topo

"Señal que nos une" é 1º canal de televisão via satélite ibero-americano

12/12/2015 23h25

Cartagena (Colômbia), 12 dez (EFE).- A Secretaria-Geral Ibero-Americana apresentou neste sábado na cidade colombiana de Cartagena das Índias "Señal que nos une", o primeiro canal via satélite de televisão ibero-americano para distribuir na região conteúdos principalmente educativos e culturais.

"O canal vai satélite é uma aposta na visibilidade e na construção da identidade ibero-americana de tudo aquilo que se produz neste âmbito", explicou durante uma conversa com jornalistas a secretária-geral Ibero-Americana, Rebeca Grynspan, que previamente disse que o projeto já tem 20 parceiros na região.

"Vão ser transmitidos conteúdos ibero-americanos, também coproduções com um sem número de redes de televisão públicas da região, também com canais universitários onde os conteúdos vão ser de difusão dos temas educativos e culturais", acrescentou.

Grynspan disse que apesar de já se contar com a Associação de Televisões Educativas e Culturais Ibero-americanas (Atei), "até agora o que fazíamos era produzir conteúdos para outras redes de televisão públicas que passavam esses conteúdos".

"O novo canal vai ser fundamental na construção de identidade ibero-americana porque vai ser esse relato ibero-americano que precisamos no espaço audiovisual", disse à Agência Efe o secretário- geral da Televisão Educativa e Cultural Ibero-Americana, Alberto García Ferrer.

A apresentação foi realizada em uma conversa entre o diretor da Fundação Gabriel García Márquez para o Novo Jornalismo Ibero-Americano (FNPI), Jaime Abello; o gerente da Telecaribe, Juan Manuel Buelvas e a gerente da TeleEducación, do Ministério da Educação do Equador, Mónica Maruri.

Também participaram García Ferrer e Grynspan.

O lançamento do canal, que está já disponível no site "www.ibe.tv", foi feita no Centro de Formação da Agência Espanhola de Cooperação Internacional para o Desenvolvimento.