Topo

Entretenimento

Após 5 anos de obras, Museu do Amanhã será inaugurado dia 19/12 no Rio

Ricardo Borges/Folhapress
No Rio, praça Mauá após reformas; ao fundo, o Museu do Amanhã Imagem: Ricardo Borges/Folhapress

Do Rio

30/11/2015 18h40

O Museu do Amanhã, localizado na zona portuária do Rio de Janeiro, será inaugurado no dia 19 de dezembro, após cinco anos de construção, confirmou nesta segunda-feira (30) a administração do novo centro cultural.

O espaço, de 30 mil metros quadrados, pretende oferecer ao público uma mostra do poder que o homem tem para mudar o mundo, diante das mudanças climáticas, degradação dos ecossistemas, interferência na natureza.

"A ideia é que o museu não seja só um prédio que reúne obras de arte, mas um centro que investiga e aprofunda nas ciências que olham para o amanhã e que mostra diferente cenários aos visitantes, para provocar uma reflexão sobre as ações deles", disse a gerente do projeto, Deca Farroco.

O Museu do Amanhã, obra do arquiteto espanhol Santiago Calatrava, é uma das principais atrações da remodelada Praça Mauá, no centro do Rio de Janeiro, ficando ao lado do Museu de Arte da cidade (MAR).

O prédio foi projetado em direção ao mar, junto a outras instalações, e está incluído no projeto Porto Maravilha, de revitalização de uma extensa área, que sofria com degradação.

A nova atração da capital fluminense terá exposição permanente, dividida em Cosmos, Terra, Antropoceno, Amanhã e Nós, com organização de 53 diferentes atrações, entre vídeos, jogos, espaços interativos.

O conteúdo do Museu do Amanhã foi desenvolvido por uma equipe com mais de 30 consultores brasileiros e internacionais de diversas áreas, como o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), Massachusetts Institute of Techonology (MIT), entre outros. A expectativa é de que 450 mil pessoas visitem o local por ano.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento